Cuiabá, 27 de Novembro de 2022
logo

30 de Dezembro de 2016, 12h:20 - A | A

POLÍCIA / CORRUPÇÃO ATIVA

Homem é preso por tentar subornar policiais para livrar filho da cadeia

Investigadores afirmam que Valdemar ofereceu R$ 3 mil para que o filho fosse liberado da cadeia. O acusado diz que ofereceu R$ 1 mil para fiança

RAFAEL DE SOUSA
DA REDAÇÃO



Valdemar Miguel Schmertz, 57,foi preso, na noite de quinta-feira (29), acusado de ter tentado subornar, com R$ 3 mil, policiais civis da Delegacia de Sorriso (420 km ao Norte de Cuiabá). 

De acordo com informações, o suborno teria sido oferecido para que o filho dele, que não teve nome revelado pela Polícia, fosse liberado da cadeia, onde estava detido há algumas horas.

>>> Clique aqui e receba notícias de MT na palma da sua mão

No boletim de ocorrência, consta que Valdemar ofereceu a quantia ao investigador Luciel Araújo, que chamou outros dois colegas, que testemunharam Valdemar repetindo a 'oferta'.

Em entrevista à imprensa local, Valdemar disse que foi ingênuo ao oferecer apenas R$ 1 mil ao policial, como fiança para soltar o filho.

Segundo ele, o investigador disse que esse valor teria que ser maior.

Valdemar foi detido por corrupção ativa e enviado para a mesma cela onde o filho aguardava para ser interrogado pelo delegado plantonista. 

 

Comente esta notícia