facebook-icon-color.png instagram-icon-color.png twitter-icon-color.png youtube-icon-color.png tiktok-icon-color.png
Cuiabá, 19 de Junho de 2024
19 de Junho de 2024

22 de Dezembro de 2022, 09h:44 - A | A

OPINIÃO / HALISSON LASMAR

Começou com Kardec, bombou com Beto Dois a Um, profissionalizou com Jeferson Neves – A SECEL nunca deu tantos resultados.

HALLISON LASMAR



Nos últimos quatro anos (2019 a 2022), o Governador Mauro Mendes investiu mais de R$ 142,025 milhões na Cultura e no Esporte, com ações decentralizadas, muita democracia, recursos e atenção... Culturetes, artistas e atletas, estão em lua de mel com o Estado alavancador.

Kardec, organizou a bagunça herdada, Beto Dois a Um, assumiu a pasta e com experiencia pessoal artística, enorme poder de circulação e muita sedução, envolveu todo mundo, rastelou recursos, trouxe deputados para emendas e conseguiu startar o processo de reconhecimento da cultura e do esporte, como agente facilitador de desenvolvimento, que sempre foi menosprezado e relegado as sobras.

O agora parlamentar defensor intransigente da causa, saiu para novos voos, passou o bastão da secretária para seu imediato hierárquico, o gentilíssimo professor Jeferson Neves, inteiradíssimo dos processos desde o início, que com muita maestria, a educação que transmite num aperto de mãos e muito jeitinho, vem revolucionando o seguimento e trazendo grandes conquistas.

Desde abril deste ano, Jefferson Neves é o responsável pelo incremento e os resultados alcançados até aqui, que vem lotando galerias e praças, deixando suor espalhado em tatames, agitando quadras e enchendo estádios pelos 141 municípios de Mato Grosso

Adotando a pluralidade e atendendo diuturnamente de portas abertas sempre, a democracia usada pelo secretário agrada desportistas e artistas e grupos como quilombolas, portadores de necessidades especiais, tribos indígenas e comunidade LGBTQIA+, que são supervalorizados com ações que contemplam todos, cheios de atenção e muito planejamento, visando às questões regionais”.

O volume de ações impressiona e traça uma perspectiva de aumento de inclusão, conquista de medalhas, troféus, títulos, espaços e atividades de entretenimento e lazer que vem sendo realizadas aos montes com os editais e programas lançados até o momento.
Nessa ótica de gestão, MT saltou de “15° para 5°” lugar no Sistema Nacional de Cultura, uma conquista vitoriosa, posição que impressiona e que celebra reconhecendo ao trabalho e o fim de ano do setor, do atuante secretario Jeferson.

Listar as ações podem ajudar a entender o tamanho do bom estrago causado pelo gerenciamento e condução respeitosa e inovadora do seguimento é muito interessante, são projetos, atividades e ações que estão em andamento e com a promessa de propulsionamento turbinado no mandato que se inicia, você já deve ter ouvido esses nomes por aí:
MT Afluentes, MT Preservar, MT Movimentar, Economia Criativa, Viver Cultura, Estevão de Mendonça de Incentivo à Literatura, Festival Cultura em Casa, uso e coordenação dos pleitos na Lei Aldir Blanc, 26° Salão Jovem Arte, Pontos de Cultura, Gestão de espaços públicos, Projeto Olimpus, Bolsa Atleta (Projeto Olimpus), Bolsa Técnico (Projeto Olimpus), Prêmio Medalha Olímpica (Projeto Olimpus), Pontos de Esporte e Lazer 2020, Pontos de Esporte e Lazer 2021.

Habilitado com resultados imponentes, apoio irrestrito do agora Deputado Beto, atenção do Governador que é fã de esportes e com a benção da amante das artes, Primeira-Dama Virginia, “JEFF” está com a bola cheia e pode ser o grande responsável por um novo ciclo, uma fase promissora e a especial atenção do Estado, nos próximos 4 anos, virando de vez a página de abandonos de tempos recentes.

 Com a história de Messi e copa do mundo, mostrando a origem da estrela, o bolsa atleta e técnico, podem ser os condutores das descobertas das genialidades insurgentes no Estado, transformando vidas, levando o nome de MT para o mundo e mostrando que nem só de bois, soja e colheitadeiras vivemos por aqui.

Agora é seguir com celeridade e com a garra aparente e atestada do sorridente secretario, Jeferson Neves.

Um ano novo de muito esporte e cultura para todos.

Halisson.

>>> Siga a gente no Twitter e fique bem informado

Comente esta notícia