Cuiabá, 02 de Fevereiro de 2023
logo

23 de Dezembro de 2014, 18h:22 - A | A

POLÍTICA / REFORMA ADMINISTRATIVA

Mendes anuncia bacharel em direito na Saúde e França na SMTU

De imediato apenas Ary Soares assume a Saúde, já que Perez se demitiu do cargo. Os demais devem ser nomeados em seus postos no início de 2015, conforme explicou o prefeito.

MARCIA MATOS
DA REDAÇÃO



O prefeito de Cuiabá Mauro Mendes (PSB) anunciou na tarde desta terça-feira (23) o nome do bacharel em direito, Ary Soares Júnior, como o novo secretário de Saúde do município, substituindo o médico Werley Peres (PDT), além de outros três novos nomes para compor as pastas de seu governo, que na reforma administrativa implantada foram reduzidas de 24 para 17 Secretarias.

Passam a compor o quadro de secretários do município Allan Rezende Porto, que coordenava a equipe de projetos e convênios da Prefeitura e agora assume a Secretaria de Desenvolvimento Urbano.

A cuiabana Ana Paula Vilaça, que era secretária-adjunta passa a comandar a Secretaria de Gestão. Thiago França deixa de ser secretário-adjunto de Trânsito e Transportes para assumir o comando da pasta, no lugar de Antenor Figueiredo.

RepórterMT

secretarios mendes

Os três novos secretários de Mendes: Ary Soares Jr, Thiago França e Ana Paula Vilaça


De imediato, apenas Ary Soares assume a Saúde, já que Perez se demitiu do cargo.

Os demais devem ser nomeados em seus postos no início de 2015, conforme explicou o prefeito.

A respeito da substituição de parte do secretariado, Mendes argumentou que trata-se de uma ‘oxigenação’ do Executivo Municipal, feita a partir da experiência adquirida nestes primeiros anos de mandato.

A reforma administrativa proposta por Mendes e aprovada pela Câmara Municipal tem o objetivo de reduzir os gastos da Prefeitura em até R$ 15 milhões. Além da redução de Secretarias, Mauro Mendes anunciou o corte de 100 funcionários comissionados e cerca de 400 contratados.

Entre as pastas que tiveram junção com outras secretarias estão a Secretaria de Governo e Comunicação, comandada pelo jornalista Kleber Lima, a pasta de Fazenda, que fica a cargo de Pascoal Santulo Meto, a Secretaria de Planejamento, na qual se mantém o secretário Guilherme Muller, a Secretaria de Cultura, Esportes, e Turismo, que fica com Alberto Machado, a Secretaria de Ordem Pública, comandada pelo coronel Henrique Souza e a pasta de Desenvolvimento Econômico, que tem Domingos Sávio como secretário. 

Foram mantidas as funções e os secretários da Controladoria Geral, coordenada por Marcelo Bussik, a Assistência Social, pelo secretário José Rodrigues, a Secretaria de Habitação e Regularização Fundiária, liderada por Suelme Fernandes, a pasta de Serviços Públicos, com o secretário José Roberto Stopa, a Secretaria de Obras, comandada por Marcelo Oliveira, Educação, com Gilberto Lopes e a Procuradoria Geral, comandada por Rogério Gallo.

Comente esta notícia