facebook-icon-color.png instagram-icon-color.png twitter-icon-color.png youtube-icon-color.png tiktok-icon-color.png
Cuiabá, 13 de Julho de 2024
13 de Julho de 2024

13 de Junho de 2024, 10h:44 - A | A

POLÍCIA / FUGIU DE APARTAMENTO

Polícia faz caçada em Várzea Grande por assassino de sargento da PM

Dentro do apartamento em que o criminoso estava, foi encontrado um revólver calibre 38, munições e sete barras de maconha

THIAGO STOFEL
REPÓRTERMT



Equipes da Polícia Militar realizam uma verdadeira caçada em Várzea Grande por Rafael Amorim de Brito, assassino do sargento Odenil Alves Pedroso, executado em maio deste ano. Equipes da PM flagraram na tarde de quarta-feira (12), dois homens fugindo do apartamento da irmã do assassino e um deles tinha as mesmas características que Rafael. 

LEIA MAIS - Vídeo: Esposa de sargento morto com tiro na cabeça cobra leis mais severas: “Quantos Odenil vão morrer?”

>>> Clique aqui e receba notícias de MT na palma da sua mão

LEIA MAIS - Governo oferece recompensa de R$ 10 mil por informação que levar à prisão do assassino de sargento

A polícia foi até o local após ter recebido uma informação de que o criminoso estaria dentro do residencial Izabel dos Campos. 

No local os policiais flagraram os dois homens em fuga. A dupla seguiu para região de mata.

Os agentes solicitaram apoio de outras viaturas, mas a dupla não foi encontrada.

Dentro do apartamento em que os criminosos estavam foi encontrado um revólver calibre 38, munições, sete barras de maconha e um rolo de plástico filme.

Policiais militares continuam realizando buscas na região.

A execução

O sargento da policial militar Odenil Alves Pedroso, de 46 anos, foi atingido por disparos de arma de fogo na tarde do dia 28 de maio, quando estava próximo à Unidade de Pronto Atendimento do bairro Morada do Ouro, na capital, onde prestava serviço extraordinário. Ele estava em uma lanchonete, quando um atirador desceu de uma motocicleta, fez os disparos contra o servidor público e ainda roubou a arma do militar.

A vítima foi socorrida em estado grave, com apoio de uma aeronave do Ciopaer, ao Hospital Municipal de Cuiabá, onde foi intubada e passou por cirurgia, mas não resistiu à gravidade dos ferimentos e morreu. 

Comente esta notícia

Paulo Sa 13/06/2024

Fugiram antes da polícia chegar? Ou alguém deu no dentes?

positivo
1
negativo
0

1 comentários

1 de 1