Cuiabá, 12 de Agosto de 2022
logo

29 de Junho de 2022, 12h:35 - A | A

POLÍCIA / ENTERRADA EM QUINTAL

Jovem morreu após ser empurrada e bater a cabeça em banheiro

Corpo de Christiane Ferreira Senger, de 22 anos, foi encontrado enterrado a 1,5 metros de profundidade.

JOÃO AGUIAR
DO REPÓRTERMT



Christiane Ferreira Senger, de 22 anos, que foi encontrada enterrada em uma casa do bairro São Miguel, em Campo Verde (130 km de Cuiabá), na tarde dessa terça-feira (28), morreu na sexta-feira (24), após bater cabeça ao ser empurrada em discussão com seu assassino.
De acordo com o delegado Philipe Pinho, responsável pelo caso, o autor do crime foi preso em flagrante por ocultação de cadáver, já que pelo homicídio não cabia mais o flagrante. O bandido confessou o crime.
Durante depoimento, o criminoso disse que os dois começaram a discutir sobre o relacionamento e aspirações profissionais de Christiane. Durante o desentendimento, ele empurrou a vítima, que bateu a cabeça e acabou morrendo.
A Polícia Civil chegou até o bandido, após testemunhas relatarem que ele foi a última pessoa que teve contato com Christiane. Eles haviam combinado de se encontrar na sexta-feira.
O criminoso chegou a ir à delegacia, na presença de um advogado, para negar o crime, mas os investigadores perceberam que ele estava bastante nervoso e resolveram ir até sua casa.
Durante buscas na residência, encontraram o corpo enterrado a 1,5 metro de profundidade no quintal.
Com ajuda de maquinários, foi feita a escavação e retirado o corpo de um buraco na casa do assassino. A Perícia Técnica Oficial foi acionada para a remoção do corpo.
O caso segue sendo investigado.

Comente esta notícia