facebook-icon-color.png instagram-icon-color.png twitter-icon-color.png youtube-icon-color.png tiktok-icon-color.png
Cuiabá, 13 de Julho de 2024
13 de Julho de 2024

13 de Junho de 2024, 17h:53 - A | A

POLÍCIA / CRIMINOSO É PROCURADO

DHPP: Assassino tentava roubar a arma de sargento da PM quando disparo aconteceu

Rafael Amorim de Brito, 28 anos, está foragido desde o dia 28 de maio.

DAFFINY DELGADO
DO REPÓRTERMT



O delegado titular da Delegacia de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP), Rodrigo Azem, revelou em entrevista ao RepórterMT, na tarde desta quinta-feira (13), que o sargento da Polícia Militar Odenil Alves, morto com um tiro na cabeça no mês passado em Cuiabá, foi vítima de um latrocínio. O autor do crime, Raffael Amorim de Brito, 28, segue foragido.

O crime aconteceu no dia 28 de maio, em frente à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do bairro Morada do Ouro, onde o militar atuava. Ele chegou a ser socorrido, mas não resistiu.

>>> Clique aqui e receba notícias de MT na palma da sua mão

De acordo com o delegado responsável pelas investigações, Raffael já teria praticados crimes semelhantes, de roubar armas de vigilantes, e ao avistar o militar sozinho na frente da unidade de saúde, aproveitou a oportunidade.

Leia mais - Familiares do assassino de sargento podem estar tentando desviar a atenção da polícia, diz delegado

"Temos provas testemunhais que estavam ali muito próximo dos fatos e ouviu. Ele chegou e pediu para o PM 'passa a arma, passa a arma'. Na terceira vez ele coloca a mão no coldrer do PM, que segura o braço dele [do criminoso]. Nesse momento ele efetua o disparo", explicou.

"Ele [Raffael] tem histórico de roubar armas de guardas de segurança. No dia dos fatos como ele estava em busca pra roubar e tinha conhecimento que na unidade de saúde tinha policiais armados e foi lá", acrescentou delegado.

Após o disparo, que atingiu a cabeça de Odenil, Raffael se abaixa e pega a pistola do militar e em seguida foge na motocicleta em alta velocidade. A moto usada no dia do crime e roupa foram apreendidas pela polícia.

LEIA MAIS - Governo oferece recompensa de R$ 10 mil por informação que levar à prisão do assassino de sargento

Um comparsa de Raffael, que teria auxiliado na fuga dele, foi preso esta semana. No interrogatório, o bandido ficou em silêncio. Uma caçada 'sem precedentes' está sendo realizada pelas Forças de Segurança do Estado.

Uma recompensa de R$ 10 mil é oferecida pelo Governo de Mato Grosso para quem revelar a verdadeira localização do criminoso.

Comente esta notícia

Margarete dos Santos 13/06/2024

Tem que pegar esse assassino

positivo
2
negativo
0

1 comentários

1 de 1