Cuiabá, 29 de Novembro de 2022
logo

12 de Novembro de 2016, 09h:35 - A | A

POLÍCIA / JARDIM CUIABÁ

Casal é acordado na madrugada por bandidos e amarrado em banheiro

O casal foi amarrado e ameaçado pelos bandidos que os trancaram em dos cômodos da casa para praticar o roubo.

DA REDAÇÃO



Pelo menos três assaltantes invadiram uma residência no bairro Jardim Cuiabá, na capital, durante a madrugada de sexta-feira (11), e surpreenderam os moradores que estavam dormindo. O casal foi amarrado e ameaçado pelos criminosos que trancaram em banheiro enquanto faziam "limpa" na casa.

De acordo com as informações, os assaltantes levaram da residência várias torneiras e chuveiros, cheques, joias, cerca de 10 câmeras de segurança, R$ 300 em dinheiro, televisões e notebooks. Além do prejuízo, os bandidos usaram o veículo da família, um Fiat Freemont, para transportar os objetos e fugir do local.

>>> Clique aqui e receba notícias de MT na palma da sua mão

A Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (DERF) esteve no local e irá investigar o crime.

Na última segunda-feira (7), um caso parecido ocorreu com uma família em Rondonópolis (212 Km de Cuiabá). Cerca de três bandidos invadiram a casa de um empresário e fizeram as vítimas reféns. Após o crime, as cinco vítimas foram colocadas na caminhonete do empresário  e sequestradas pelos criminosos. Entretanto, os bandidos não tinham conhecimento de que havia um dos filhos do empresário na casa, que não foi visto por eles porque estava em um cômodo anexo e conseguiu se esconder e acionar a Polícia Militar informando o crime, o que possibilitou encontrar a família que estava presa em um cativeiro. (LEIA MAIS)

No dia 11 de outubro, a casa de um médico, no bairro Cidade Alta, também foi alvo da ação de assalto. Um mês depois, o médico reconheceu o bandido na rua, trabalhando no serviço de limpeza de via pública da Prefeitura e o denunciou a Polícia. Segundo o médico, o bandido Valderi Nunes Rodrigues invadiu sua casa e e rendeu todos os moradores, além de seus funcionários. Junto de comparsas, ele teria levado dinheiro, cartões de crédito, joias, roupas e telefones celulares. (LEIA MAIS)

Comente esta notícia