Cuiabá, 04 de Dezembro de 2022
logo

11 de Dezembro de 2016, 20h:00 - A | A

POLÍCIA / VERDADES SECRETAS

Advogado é acusado de agredir namorada após sair de boate; 'amiga' é pivô

O casal mantinha relacionamento há cinco meses. Ela diz que foi agredida porque o namorado queria deixá-la em casa, primeiro, para depois levar uma 'amiga'

FRANCISCO BORGES
DA REDAÇÃO



A veterinária Aline Gabrila Ortiz, 26, denunciou, em boletim de ocorrência, ter sido espancada, na manhã deste domingo (11) pelo advogado Celso Santana, que foi assessor do vereador Leonardo Oliveira (PSDB), durante a campanha de Wilson Santos (PSDB), à Prefeitura de Cuiabá. O casal mantinha relacionamento amoroso há cinco meses. 

O advogado nega todas as acusações e garante que testemunhas podem provar que a denúncia da veterinária é falsa. 

>>> Clique aqui e receba notícias de MT na palma da sua mão

A veterinária afirma que o caso ocorreu quando ele a deixava em casa após passarem a noite juntos na boate sertaneja Valley Pub.

De acordo com o boletim de ocorrência, as agressões tiveram início ainda dentro do carro do advogado uma Toyota Hillux, porque ele queria deixar Aline em casa, primeiro, para depois levar uma amiga dela.

Aline conta que ele deu forte tapa em seu peito. Depois disso, estacionou em frente ao prédio onde ela mora, abriu a porta da caminhonete e brutalmente a puxou pelas pernas, relata a veterinária, que ainda afirma que tem os porteiros de seu prédio como testemunhas.

Ela afirma que caiu e bateu a cabeça contra o chão. A queda ainda teria causado várias lesões nas costas, nos braços e nas pernas da veterinária.

Aline pediu medida protetiva contra o suposto agressor.

O advogado garante que diversas testemunhas podem comprovar que as acusações são falsas.

 

 

Comente esta notícia

Maria 12/12/2016

Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

1 comentários

1 de 1