Cuiabá, 20 de Agosto de 2022
logo

26 de Dezembro de 2017, 17h:32 - A | A

PODERES / BATEU O MARTELO

Governador escolhe Rogério Gallo para comandar Secretaria de Fazenda

O nome do substituto ainda é mantido em sigilo, mas governador deve oficializar Gallo no cargo ainda na tarde desta terça-feira.

RAFAEL DE SOUSA
DA REDAÇÃO



O governador Pedro Taques (PSDB) escolheu, nesta terça-feira (26), o novo secretário de Fazenda do Estado, em substituição a Gustavo Oliveira, que deixou a pasta na última sexta-feira (21).

De acordo com uma fonte consultada pelo , trata-se do procurador-geral do Estado, Rogério Gallo.

>>> Clique aqui e receba notícias de MT na palma da sua mão

O nome do substituto ainda é mantido em sigilo, mas o governador deve oficializar Gallo no cargo ainda na tarde desta terça-feira. Esta é a quarta vez que Taques muda o comando da Fazenda do Estado.

O primeiro a assumir o cargo foi Paulo Brustolin, seguidos de Seneri Paulo e Gustavo Oliveira.

Rogério Gallo, que é procurador de carreira no Estado e assumiu o comando da Procuradoria-Geral (PGE), em dezembro de 2016, no lugar de Patrick Ayala.

Como procurador-geral, Gallo foi um dos principais responsáveis por diminuir o impacto da crise financeira do Governo. Em um ano, ele foi o responsável por solucionar juridicamente as ‘travadas’ obras do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT), inclusive, anulando o contrato do Consórcio responsável pela implantação do modal em Cuiabá e Várzea Grande.

Agiu firme contra empresas que deviam ao Estado e recuperou uma quantia milionária da dívida ativa. Realizou, ainda, o Refis – um programa de parcelamento para devedores de IPVA – e o mutirão fiscal que arrecadou quase R$ 300 milhões.

Mudanças

O governador Pedro Taques deve anunciar até a próxima sexta-feira (29) os nomes do novo secretário de Turismo, além dos presidentes do Departamento Estadual de Trânsito (Detran) e da Empresa Mato-grossense de Tecnologia da Informação (MTI). 

As mudanças são referentes as seis baixas no secretariado sofridas pelo Governo.

Em menos de uma semana, Taques perdeu os secretários Gustavo Oliveira (Fazenda), Leandro Carvalho (Cultura), Luis Carlos Nigro (Turismo) e o vice-governador Carlos Fávaro – que comandava a Sema. Também deixam o staff, Paulo Borges (MTI) e Arnon Osny Mendes (Detran).

 

 

Comente esta notícia