Cuiabá, 29 de Novembro de 2022
logo

16 de Dezembro de 2016, 14h:40 - A | A

POLÍTICA / SEGUNDO MANDATO

Lucimar prega união entre poderes para ‘gestão melhorada’ em Várzea Grande

A prefeita reeleita por Várzea Grande disse que vai começar o ano realizando mais obras. A gestão conta com apoio da maioria dos 21 vereadores

FRANCISCO BORGES
DA REDAÇÃO



Durante o ato de sua diplomação, nesta sexta-feira (16), a prefeita reeleita de Várzea Grande, Lucimar Campos (DEM) e o marido dela, o ex-senador Jayme Campos (DEM) garantiram que a nova gestão será de parceria e união com os demais poderes para que “exista uma fluidez melhor de serviços para o povo”.

Jayme, que em janeiro assume a recém-criada pasta de Assuntos Estratégicos, afirmou ter apoio de pelo menos 19 dos 21 vereadores do município.

Em discurso, Lucimar argumentou que com a união é possível fazer “mais e melhor para atender a população de Várzea Grande”.

“Nós precisamos da união de Executivo, Legislativo e Judiciário, mas sobretudo, Lucimar quer um Governo com a população para que tudo fique mais fácil”, disse Jayme

“Nesse começo de ano nós deveremos trazer para os nossos munícipes várias ações, como investimentos na área de saúde. Vamos continuar o trabalho da forma que estamos fazendo, ou seja, com união”, disse após receber seu diploma eleitoral das mãos da juíza 20ª Zona Eleitoral de Várzea Grande, Ester Belém Nunes e pelo Promotor Eleitoral da 20ª Zona Eleitoral, Luciano Freiria de Oliveira.

Jayme reforçou que a união entre poderes no município nasceu mais forte neste final de mandato por conta da crise econômica que assola o país e, consequentemente, os estados e municípios.

“Nós precisamos da união de Executivo, Legislativo e Judiciário, mas sobretudo, Lucimar quer um Governo com a população para que tudo fique mais fácil”, argumentou.

Criação de Secretaria e salários

Jayme garantiu que a criação da pasta que irá ocupar não afetará economicamente o município, pois teria previsão orçamentária em caixa. “Está compatível com o caixa da Prefeitura e não terá qualquer exagero, pois prevemos isso”, disse.

O ex-senador voltou a dizer que além da previsão da criação da pasta, a administração pública já previu também o pagamento dos salários dos servidores além do 13º dentro do mês de dezembro. “Até dia 29 sai o salário”, garantiu.     

Críticas

Sobre as críticas sofridas por dois dos vereadores do bloco de oposição, Fábio Saad (PTC) e Wnaderley Cerqueira (PSD), Jayme classificou que o que fora dito por eles “é considerado lixo”. Os parlamentares supostamente teriam dito que o ex-senador estaria fazendo usurpação de poder ao despachar deliberações competentes apenas à prefeita.

“Para mim, partindo dessas pessoas qualquer comentário é considerado lixo e insignificante. São lixos na política de Várzea Grande. Dar resposta a essas pessoas eu me sentiria bem diminuído”, declarou.   

Comente esta notícia