Cuiabá, 31 de Janeiro de 2023
logo

11 de Novembro de 2014, 10h:35 - A | A

POLÍCIA / TERROR NO INTERIOR

PM prende assaltantes de agência dos Correios em Sinop; dois são baleados em tiroteio

O assalto a instituição federal ocorreu na manhã desta segunda-feira (10), mas a prisão dos dois, e outros cinco comparsas, foi feita na noite do mesmo dia.

JOÃO RIBEIRO
DA REDAÇÃO



Dois suspeitos de participarem do roubo a agência dos Correios em Cláudia (600 km de Cuiabá) foram baleados em uma troca de tiros com a Polícia Militar, no bairro Jardim Paulista I, em Sinop.

O assalto à instituição federal ocorreu na manhã desta segunda-feira (10), e a prisão dos dois, e outros cinco comparsas, foi feita na noite do mesmo dia.

>>> Clique aqui e receba notícias de MT na palma da sua mão

Segundo informações da Força Tática de Sinop, após o roubo, os policiais começaram a fazer rondas nas rodovias que cortam os municípios ‘vizinhos’ a Cláudia. Com isso, encontraram um Chevrolet Prisma, abandonado, na beira da estrada. O veículo, que havia sido roubado em Cuiabá há 15 dias, teria sido usado por quatro bandidos, que participaram do roubo.

Em seguida, a PM recebeu a informação que os suspeitos estariam escondidos em duas casas do bairro Jardim Paulista I, em Sinop. Os PM’s foram até o local, mas foram ‘recebidos’ à bala pela quadrilha.

No tiroteio, dois bandidos ficaram feridos e foram levados ao Hospital Regional da cidade. Outros cinco, também presos, foram levados a Delegacia da Polícia Civil.

Na residência onde a quadrilha estava, a PM recuperou uma grande quantia em dinheiro, certamente levado da agência dos Correios, além um revólver, munições e aparelhos celulares. Os policiais também aprenderam um Fiat Uno de cor vermelha. O veículo teria sido usado pelo restante da quadrilha, para dar apoio ao assalto.

A PM informou que a casa também servia como boca de fumo (ponto de venda e uso de drogas).

O caso passa a ser investigado pela Polícia Federal.

Reprodução PM

claudia

PM aprendeu dinheiro em casa, certamente roubado da agência dos Correios

O ROUBO

Por volta das 10h, os quatro criminosos chegaram no Prisma de cor preta, com o vidro de trás quebrado. Três deles invadiram a agência e anunciaram o roubo, mandando clientes e funcionários se deitarem. 

As vítimas disseram à PM, que a quadrilha os ameaçou de morte, caso tentassem reagir. Eles foram obrigados a entregar objetos de pertences. Já os funcionários do caixa, todo o dinheiro. Em seguida, o trio entrou no veículo e fugiu em alta velocidade. 

 

Comente esta notícia