Cuiabá, 03 de Fevereiro de 2023
logo

18 de Dezembro de 2014, 15h:41 - A | A

POLÍCIA / EFEITO ‘EDIÇÃO EXTRA’

Donos da Gráfica Print negam fuga e devem se apresentar à polícia

Os dois informaram que estariam trabalhando no interior de MT e já estariam se deslocando para Cuiabá.

JOÃO RIBEIRO
DA REDAÇÃO



Os empresários Dalmi e Fábio Defanti, donos da Gráfica Print e Defanti, informaram, por meio de nota à imprensa, que devem se apresentar ainda nesta quinta-feira (18) na Delegacia Fazendária (Defaz). Os dois são alvos da Operação ‘Edição Extra’, deflagrada na manhã de hoje, para desarticular um esquema que teria desviado R$ 40 milhões, dos cofres públicos, em certames de serviços gráficos ao Estado.

Na nota, os empresários esclarecem que estão trabalhando no interior de Mato Grosso, por isso não teriam sido localizados pelos policiais civis. No entanto, já estão retornando a Cuiabá para se apresentarem. Eles também informaram que vão colaborar com toda a investigação.

>>> Clique aqui e receba notícias de MT na palma da sua mão

Segundo os dois, os respectivos advogados não tiveram acesso ao processo. Mas acompanharam toda a ação policial que cumpriu os mandados de busca e apreensão nas gráficas. “Neste sentido, mais esclarecimentos serão dados após o conhecimento do processo investigatório”, relata em um trecho da nota.

O ESQUEMA

Durante a deflagração da Operação, os secretários adjuntos Elpídio Spiezzi (Secretaria de Comunicação) e José de Jesus Nunes Cordeiro (Secretaria de Administração).

O delegado Carlos Cunha informou que os dois eram responsáveis pela realização dos processos licitatórios fraudulentos em 2012.

Carlos ainda explicou que o susposto esquema consistia em processos licitatórios ‘viciados’, em que os empresários, que apresentavam as propostas, já sabiam qual firma iria ganhar o direito de prestar o serviço ao Estado.

No entanto, o esquema foi denunciado por outro empresário que teria se negado a participar do crime. “Um proprietário de uma gráfica chamado para integrar a fraude procurou o Ministério Público Estadual (MPE) e revelou o crime”, falou.

CONFIRA A NOTA NA ÍNTEGRA

Com relação a operação da Delegacia Fazendária realizada nesta quinta-feira (18), denominada Edição Extra, esclarecemos que:

1- Os Empresários Fábio e Dalmi Defanti, sócios-proprietários da Gráfica Print, estão a trabalho no interior do Estado de Mato Grosso.

2- Ambos tomaram conhecimento da operação policial na manhã desta sexta-feira pela imprensa e buscaram informações a cerca da investigação.

3- Os empresários já estão em deslocamento para Cuiabá para se apresentarem na Delegacia Fazendária.

4- Também reforçamos que em nenhum momento os empresários planejaram eventual fuga como tem sido noticiado.

5- Eles já se manifestaram em colaborar com toda a investigação e se colocam a disposição para prestar devidos esclarecimentos assim que retornarem a Cuiabá.

6- Os advogados da Gráfica Print ainda não tiveram acesso ao processo e estão acompanhando todo os pedidos de busca e apreensão na gráfica.

Neste sentido, mais esclarecimentos serão dados após o conhecimento do processo investigatório.

Comente esta notícia

CUIABANO MESMO 19/12/2014

Parabéns, então vão se entregar. kkkkkkkk, certo isso foi ontem e cade os empresários.Sabe nada inocente. kkkkkkkkkkkk. Agora e preocupante, Voces estão dando mais destaque pela comunicado da empresa, em detrimento da Noticias de desvios e fraude nas Licitações.

1 comentários

1 de 1