Cuiabá, 31 de Janeiro de 2023
logo

09 de Dezembro de 2014, 09h:27 - A | A

POLÍCIA / NINGUÉM ESCAPA

Assaltantes são presos após roubar casa de PM em Cuiabá

Com eles, foram apreendidas duas armas, sendo uma do policial, além de R$ 500 reais, um aparelho celular e outros objetos de pertences.

JOÃO RIBEIRO
DA REDAÇÃO



Adilson Agripino Bueno, de 29 anos, Geovane Ygor de Souza, de 20 anos e M.L.S., de 17 anos, foram presos após roubarem a casa de um soldado da Polícia Militar, na madrugada desta terça-feira (9), no bairro 1º de Março, em Cuiabá.

Após descobrirem que a vítima era policial, os criminosos o ameaçaram de morte, mas fugiram com R$ 500, um aparelho celular e uma pistola calibre .40. Eles foram presos horas depois pelo 3º Batalhão da PM, no bairro Três Barras, também na capital.

>>> Clique aqui e receba notícias de MT na palma da sua mão

Segundo informações da Polícia Militar, dois criminosos invadiram a casa do PM e o renderam, anunciando o assalto. Um terceiro bandido ficou em uma motocicleta na frente da residência, dando apoio a ação criminosa.

Ao revistarem a casa do policial, a dupla encontrou a arma e a farda do soldado. Com isso, um dos bandidos teria se ‘revoltado’ e começou a ameaçar a vítima de morte. O PM foi amarrado e trancado em um dos quartos. Em seguida, os assaltantes fugiram levando a quantia em dinheiro, aparelho celular e a arma do policial.

Após a fuga dos bandidos, o policial conseguiu se soltar das amarras e pediu apoio a PM. Com isso, os policiais militares começaram as rondas e abordaram um Táxi, modelo Chevrolet Corsa. No veículo, o menor foi aprendido com pertences do policial. Ele passou a localização dos dois comparsas, que foram presos no bairro Três Barras.

Os dois estavam na moto. Ao ver a viatura, um deles saiu da motocicleta e tentou fugir pulando o muro das residências, mas foi cercado e preso. Com eles, foram apreendidos a pistola do PM e outra arma, calibre 765. Eles foram encaminhados a Central de Flagrantes onde foram autuados por roubo. 

 

Comente esta notícia

Julio THKR 09/12/2014

...daí vem a "Justiça", Direitos "Humanos" e soltam essas pragas que ainda podem querer se vingar...

1 comentários

1 de 1