facebook-icon-color.png instagram-icon-color.png twitter-icon-color.png youtube-icon-color.png tiktok-icon-color.png
Cuiabá, 19 de Julho de 2024
19 de Julho de 2024

28 de Setembro de 2017, 10h:09 - A | A

PODERES / ACUSADO DE ASSÉDIO

Juíza determina afastamento de secretário de Comunicação

Segundo informações, a acusação seria de assédio moral e sexual contra jornalistas que trabalham no Gabinete de Comunicação do Estado.

DA REDAÇÃO



O secretário de Estado de Comunicação, Kleber Lima, acaba de ser afastado do cargo, nesta quinta-feira (28), por determinação da juíza da Vara de Ação Civil Pública e Ação Popular de Cuiabá, Célia Vidotti. O processo tramita em segredo de justiça.

Segundo informações, a acusação seria de assédio moral e sexual contra jornalistas que trabalham no Gabinete de Comunicação do Estado. Pesa ainda suposto ato de improbidade administrativa, por publicidade indevida ao governador Pedro Taques (PSDB).

>>> Clique aqui e receba notícias de MT na palma da sua mão

“Informo a todos que acabo de ser afastado do cargo de secretário do Gcom por decisão da juíza Célia Vidotti acatando Ação Civil Publica do Mauro Zaque”, disse Kleber em grupo de Whatsapp.

A magistrada atendeu a pedido do Ministério Público do Estado (MPE), em requerimento assinado pelos promotores do Núcleo de Defesa da Probidade Administrativa e do Patrimônio Público, Roberto Turin, Mauro Zaque, André Luis de Almeida e Ednaldo dos Santos Coelho.

Denúncia

Kleber foi denunciado por servidores da pasta, que não concordaram com a forma como as notícias no site do Governo do Estado era divulgadas. As publicações sempre personalizavam o governador Pedro Taques, com objetivos políticos.

Ao ser questionado, o secretário teria ameaçado afastar os funcionários das funções. Eles também teriam sido proibidos de participar de protestos da categoria e recebido ameaças de terem telefones grampeados, sob acusação de que teriam vazado informações da secretaria.

Uma servidora ainda teria afirmado que Kleber teria lhe abordado com mensagens de cunho sexual e até mesmo tentado beijá-la sem seu consentimento.

Comente esta notícia

Diogo Sachs 29/09/2017

Não há prova de que o Secretário Kleber Lima possa prejudicar a instrução, tampouco há indícios disso; tudo isso é mera presunção! De concreto há apenas ativismo judicial exacerbo, vivificado em um discurso e/ou retórica de gênero; essa é a questão de fundo que indevidamente é debatida nesta ação de improbidade, que trata, pasme, de um suposto caso de assédio trazido em Juízo impregnado de muita, mas muita "fantasia". A ação é manejada inequadamente porque não há na LIA (arts. 9º, 10, 10-A e 11) previsão de conduta de assédio e penalidade correlata a ela; talvez, lá no código de ética do serviço público mato-grossense haja alguma coisa que trate do assunto! Em suma, a magistrada aplicou medida restritiva de direitos cautelarmente sem previsão legal; in caso, ao que parece a Lei não é o limite (veja Editorial de ontem do Jornal Estadão)! É o tal do direito achado na rua, alternativo, contra legem, fantasia, edito do pretor, interpolação, bonzo do reino de bingo do Judiciário? Não sei, mas tá na moda juiz e promotor "Geeg"! Vejam Ministro Barroso e Deltan Dallagnol; esse último, - em meu filme sobre a Lava Jato -, nas suas horas vagas, discutiria qual melhor app de iOS para Apple 8, café Starbucks (qual o melhor de Curitiba) e, qual é o mais forte: Thor ou Superman? Maior vilão de Gotham City: Coringa ou o Harvey duas Caras?

positivo
0
negativo
0

JEFERSON MATOS 28/09/2017

Taques, seus lacaios estão caindo, você não terá vida longa como governador.

positivo
0
negativo
0

paulo 28/09/2017

Basta nao fazer coisas erradas que nunca vai ser preso.

positivo
0
negativo
0

Teka Almeida 28/09/2017

De duas uma; ou o PT assume as pastas para tambem secretariar p estado ou abre concurso para ocupação das pastas. Pois daqui a pouco quem não foi preso ou afastado vai pedir para sair para, para não ter seu nome sujo e quem for convidado para assumir a vaga vai negar, pois não vão querer passar umas férias no CCC. AFUNDA PT.... Seus dias estão contados.

positivo
0
negativo
0

JEFERSON MATOS 28/09/2017

Esse sujeito é uma pessoa maléfica ao Estado. Desrespeitar o servidor concursado é uma coisa inadmissível. TAQUES O CERCO ESTÁ SE FECHANDO, COMPRE UMA CAMA BOX PRA TI PRA COLOCAR LÁ NO CARUMBÉ.

positivo
0
negativo
0

Jota Passarinho 28/09/2017

Bom, eu conheço o Kleber há pelo menos 15 anos e durante todo esse tempo nunca ouvi e nem vi nada que desabone sua conduta. Embora o ser humano, qualquer um, possa ter deslizes ao longo da vida, no caso em questão, enquanto não prove o contrário, eu prefiro acreditar em sua inocência. Portanto, manifesto aqui meu total apoio e solidariedade a ele e me coloco a disposição, no que estiver ao meu alcance, para ajudar no que for preciso. Força ai Kleber, você é forte e vai sair dessa com certeza. Conte comigo, sempre.

positivo
0
negativo
0

6 comentários

1 de 1