facebook-icon-color.png instagram-icon-color.png twitter-icon-color.png youtube-icon-color.png tiktok-icon-color.png
Cuiabá, 14 de Julho de 2024
14 de Julho de 2024

09 de Novembro de 2017, 14h:57 - A | A

PODERES / POR ATRASO EM REPASSES

Deputados reclamam de crise na Saúde e pedem demissão de secretário

A principal crítica dirigida pelos deputados estaduais ao secretário de Saúde, Luiz Soares, foi a de descumprimento de ordens, inclusive do governador em exercício, Carlos Fávaro.

CAROL SANFORD
DA REDAÇÃO



Os deputados estaduais fizeram duras críticas ao secretário de Estado de Saúde, Luiz Soares, durante a sessão da Assembleia Legislativa, desta quinta-feira (9). Os parlamentares, tanto de oposição, quanto aliados ao Governo Pedro Taques (PSDB) chegaram a pedir na tribuna, a demissão do gestor.

A principal crítica dirigida a Luiz Soares foi a de descumprimento de ordens, inclusive do governador.

>>> Clique aqui e receba notícias de MT na palma da sua mão

Soares é acusado pelos parlamenrtares de “insubordinação” porque não teria feito os repasses financeiros para atender determinados municípios do interior, conforme ordenou o governador na quarta-feira (8).

Taques, que está em missão internacional na China, determinou ao governador em exercício, Carlos Fávaro (PSD) que fizesse o repasse de R$ 50 milhões a unidades de saúde que suspenderam o atendimento a pacientes do SUS por atrasos nos pagamentos.

Diante da situação, os deputados marcaram uma reunião com o secretário da Casa Civil, Max Russi na qual podem pedir a demissão de Soares. 

As críticas contra Soares foram feitas, inclusive por deputados aliados, como o líder do Governo na Assembleia, Dilmar Dal Bosco (DEM).

“O governador deu ordem que o secretário Luiz Soares, se achando endeusado, não está cumprindo”, declarou o democrata.

O deputado Adriano Silva (PSB) ainda pontuou que o secretário, muitas vezes, se recusa a receber os parlamentares e ouvir as demandas dos municípios.

“Essa Casa precisa ter uma postura séria. Não podemos aceitar o tratamento que o secretário está dando ao povo de Mato Grosso. Sou da base, mas não posso ser omisso”, declarou.

Luiz Soares é o quarto secretário de Saúde da gestão Taques. Ele assumiu o comando da Secretaria em março de 2017.

Outro lado

O secretário de Estado de Comunicação, Kleber Lima, disse que o secretário de Saúde tem a confiança do governador Pedro Taques e negou que haja qualquer insubordinação por parte do gestor.

Segundo ele, os repasses às unidades de saúde são feitos quando há disponibilidade financeira e orçamentária e apenas quando há desconformidade documental ou irregularidades é que os pagamentos não são feitos.

Comente esta notícia