Cuiabá, 31 de Janeiro de 2023
logo

24 de Novembro de 2014, 16h:45 - A | A

OBRAS DA COPA / LARGADO DA COPA

Silval anuncia entrega de pacote de obras no fim do mandato

Pelos planos de Silval quase todas as intervenções de Cuiabá e Várzea Grande, que seriam para preparatórias para a Copa do Mundo, serão entregues agora no fim de sua gestão.

MARCIA MATOS
DA REDAÇÃO



Faltando pouco mais de um mês para encerrar seu mandato e mais uma vez correndo o risco de constrangimento público com mais uma promessa de entrega, o governador Silval Barbosa (PMDB) anunciou um “pacote” de obras a serem inauguradas ainda este ano.

Segundo as declarações do chefe do Executivo Estadual, a próxima entrega deve ser do conjunto formado pela Trincheira Ciríaco Cândia junto à duplicação da rodovia Mário Andreazza e da ponte construída no local.

Em seu discurso, Silval também ressaltou que deve entregar o complexo do viaduto do Tijucal em dezembro.

“Vou entregar várias obras ainda. Vou entregar o maior complexo de obras que é o viaduto do Tijucal com trincheira. A empreiteira garantiu a entrega agora do Tijucal e a avenida Arquimedes Pereira Lima”, declarou.

Pelos planos de Silval quase todas as intervenções de Cuiabá e Várzea Grande, que seriam preparatórias para a Copa do Mundo, serão entregues no fim de sua gestão.

“Vamos inaugurar o Verdão, inaugurar o viaduto que denominou Isabel Campos, que é o da Orlando Chaves com a avenida da FEB. Vamos inaugurar o viaduto da Várzea Grande, em frente ao aeroporto, vamos inaugurar a trincheira do “Zero”, inaugurar o viaduto da MT-040, inaugurar avenida Mario Andreazza, inaugurar a Avenida da Guarita, inaugurar a Avenida que vai para a Universidade Federal de Várzea Grande, já tem mais de 7km prontos e várias outras que vamos inaugurar”, relatou.

Conforme o governador, além do VLT, também pode ficar para Pedro Taques (PDT) terminar o conserto do viaduto Jamil Nadaf [Sefaz], que foi interditado por risco de desabamento.

“Viaduto da Sefaz estão fazendo as correções e dentro de poucos dias no fim do ano, ou início do outro ano será entregue sem nenhum problema de prejuízo para o Estado, ou de segurança para a sociedade”, pontuou.

Na inauguração da Jurumirim, Silval lamentou as entregas atrasadas, mas aproveitou para lembrar que várias dessas obras tiveram atraso de recursos federais.

COMPLEXO DO TIJUCAL

Com cerca de 80% da obra concluída o consórcio de empreiteiras contratadas assinou mais um aditivo e agora tem até o dia 31 de dezembro para concluir o complexo do Tijucal, orçada em R$ 36,6 milhões e que já teria consumido R$ 29,8 milhões.

COMPLEXO MÁRIO ANDREAZZA 

Faltando apenas o trabalho de acabamento nas marginais, a  duplicação da rodovia custou R$ 22 milhões, a construção da ponte ficou em R$ 11 milhões e a trincheira custou cerca de R$ 8 milhões.

Comente esta notícia