Cuiabá, 29 de Setembro de 2022
logo

21 de Dezembro de 2013, 09h:52 - A | A

OBRAS DA COPA / ANTES DA COPA

Jérome Valcke volta a visitar Cuiabá; Em março, Arena deve realizar os três eventos-testes

Arena Pantanal deve ser entregue até o final de fevereiro de 2014

DA REDAÇÃO



O secretário da Fifa, Jérome Valcke, deve voltar a visitar a Arena Pantanal, em Cuiabá, no dia 20 de janeiro de 2014.

Em artigo publicado no site da Fifa (LEIA AQUI), nessa sexta-feira (20), Valcke chama a atenção para os trabalhos que devem ser realizados nos seis estádios que não receberam a Copa das Confederações.

“À exceção de São Paulo, pela triste razão que todos conhecemos – e todos os outros cinco terão sediado nos três primeiros meses de 2014 o primeiro de ao menos três eventos-teste. Além disso, as estruturas temporárias em todos os 12 estádios precisam se adequar aos padrões e tamanhos de uma Copa do Mundo da FIFA, para mencionar apenas duas das muitas tarefas ainda na pauta”, diz trecho do artigo.

Além da Arena Pantanal, Valcke vai visitar as Arenas de São Paulo, Manaus e Rio de Janeiro.

Na última visita do secretário da Fifa a Cuiabá, no dia 8 de outubro, Valcke, garantiu, novamente, que Cuiabá não será excluída das 12 cidades-sedes da Copa do Mundo de 2014, mesmo diante dos atrasos encontrados em todas as obras decorrentes da realização do Mundial.

Convencido pelas explicações dadas pelo Governo, Valcke disse que confia na entrega do estádio até dezembro de 2013 e negou que as exigências da Fifa tenham encarecido a compra das polêmicas cadeiras da Arena.

NOVO PRAZO

No início deste mês, dia 4 de dezembro, Valcke deu um novo prazo para a entrega da Arena Pantanal para fevereiro de 2014. Com a avaliação feita no artigo, a Arena Pantanal teria, então, apenas o mês de março para realizar os três eventos-testes, ou seja, 3 meses antes do início da Copa do Mundo. 

Em Cuiabá, o secretário extraordinário da Copa, Maurício Guimarães, insistiu até onde pôde que a Arena ficaria pronta ainda este ano.

No dia 2 de dezembro, o secretário admitiu que com menos de 90% da obra pronta, a entrega do estádio só seria possível ser feita em janeiro de 2014.

Entre os serviços que estão “atrasando” a entrega da obra, estão a instalação do gramado, que ainda não começou, e das cadeiras que têm a chegada do primeiro lote prevista para o próximo dia 10.

É bom lembrar que o gramado precisa de pelo menos dois meses para se fixar ao solo, e as cadeiras a serem instaladas somam mais de 44 mil unidades.

A denúncia de superfaturamento na aquisição dos assentos, foi apontada como o principal problema na execução das obras da Arena Pantanal.

RELEMBRANDO A POLÊMICA

O Ministério Público Estadual chegou a notificar a Secopa pelo valor de R$19,4 milhões, que seriam pagos pelos assentos. O Governo do Estado então, cancelou o acordo feito e abriu um novo pregão. Após um acordo judicial retomar o contrato com a Kango Brasil, o pregão também foi cancelado.

Comente esta notícia