facebook-icon-color.png instagram-icon-color.png twitter-icon-color.png youtube-icon-color.png tiktok-icon-color.png
Cuiabá, 18 de Julho de 2024
18 de Julho de 2024

27 de Outubro de 2017, 10h:26 - A | A

GERAL / VEJA FOTOS

Batida entre Frontier e carreta mata pai e filho na BR-163

A família é de Cascavel, no Paraná e veio a MT para um velório, em Colíder. A família fazia a viagem de volta ao Paraná, quando aconteceu a tragédia.

CAMILA PAULINO
DA REDAÇÃO



Três pessoas morreram e uma ficou ferida em acidente envolvendo uma carreta e uma caminhonete modelo Frontier, no km 701 da BR-163, entre Lucas do Rio Verde e Sorriso (400 km ao Norte de Cuiabá), na manhã desta sexta-feira (27). Chovia no momento do acidente.

De acordo com informações da concessionária Rota do Oeste que administra o trecho da rodovia, a batida foi frontal, mas ainda não se sabe as causas do acidente.

>>> Clique aqui e receba notícias de MT na palma da sua mão

Ainda segundo informações, o veículo de passeio seguia sentido sul e bateu de frente com a carreta que trefegava sentido norte. Com a batida, a caminhonete rodou e foi parar às margens da rodovia. A rodovia foi interditada para atendimento da ocorrência.

Com o impacto da batida, os três ocupantes, Valdecir Inácio, de 58 anos, o filho, Márcio Fabiano, de 35 anos, e a namorada de Márcio, Gislaine Silva, de 37 anos morreram na hora. O motorista da carreta sofreu ferimentos leves, apresentava dores nas pernas e escoriações pelo corpo e foi encaminhado pela equipe de socorristas da Rota do Oeste ao Hospital de Lucas do Rio Verde.

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) esteve no local prestando suporte ao tráfego e acompanha os procedimentos.

Os veículos foram removidos por guincho. A caminhonete ficou destruída. 

Equipe da Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) se deslocou para o local para coletar dados do acidente. Os corpos foram encaminhados ao Instituto Médico Legal (IML) de Sorriso para identificação das vítimas.

As causas do acidente devem ser investigadas pela Polícia Civil. A família é de Cascavel, no Paraná e veio a MT para um velório, em Colíder. A família fazia a viagem de volta ao Paraná, quando aconteceu a tragédia. 

 

 

 

 

Álbum de fotos

Repórter MT/Internauta

Repórter MT/Internauta

Repórter MT/Internauta

Repórter MT/Internauta

Comente esta notícia