Cuiabá, 02 de Julho de 2022
logo

Quinta-feira, 27 de Outubro de 2011, 08h:07 - A | A

FIM DA GREVE

Servidores do Judiciário retornam as atividades nesta quinta-feira

A paralisação durou apenas três dias e o acordo teve intervenção da OAB/MT

INARA FONSECA

Após apenas três dias de paralisação, os servidores do Poder Judiciário de Mato Grosso resolveram retornar as atividades nesta quinta-feira (27). O acordo entre a categoria e o Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJ/MT) foi realizado ontem (26), através intervenção da Ordem dos Advogados do Brasil Seccional Mato Grosso (OAB/MT). Com o fim da greve as 79 comarcas do Estado voltam a funcionar normalmente.

Com o ajuste, o TJ/MT terá que implantar até 31 de dezembro de 2012 o Sistema de Desenvolvimento de Carreiras e Remuneração (SDCR). Além disso, o pagamento retroativo referente às perdas com a Unidade Real de Valor (URV) será pago imediatamente por meio de Requisição de Pequeno Valor (RPV), para aqueles que possuírem até R$ 12 mil para receber.

A greve no Judiciário iniciou nesta segunda-feira (24) após os trabalhadores terem rejeitado em unanimidade a proposta feita pelo presidente do Tribunal de Justiça (TJ), desembargador Rubens de Oliveira.

No final de setembro, a categoria havia deliberado greve com começo no dia 03 de outubro. Na ocasião, o presidente do TJ afirmou que atenderia as demandas dos servidores e a paralisação foi suspensa. Entretanto, 15 dias depois, o desembargador apresentou somente a proposta de distribuir entre os servidores o montante de R$ 11 milhões para pagamento do URV. O movimento tinha adesão de aproximadamente 3500 servidores do Judiciário.

A reunião que finalizou a greve ocorreu na última quarta-feira (26), na presidência do TJ/MT. Estavam presentes os presidente da OAB/MT, Cláudio Stábile Ribeiro; do TJ/MT, desembargador Rubens de Oliveira Santos Filho; e do Sinjusmat (Sindicato dos Servidores do Judiciário de Mato Grosso), Rosenwal Rodrigues.

Comente esta notícia