Cuiabá, 01 de Dezembro de 2022
logo

22 de Dezembro de 2016, 12h:45 - A | A

POLÍTICA / CRISE INSTITUCIONAL

Taques nega crítica à Assembleia e destaca parceria entre poderes

O governador negou que tenha feito qualquer declaração que desmoralize a Assembleia Legislativa e agradeceu o apoio dos deputados

FRANCISCO BORGES
DA REPORTAGEM



O governador Pedro Taques (PSDB) negou à imprensa, na manhã desta quinta-feira (22), que tenha feito qualquer declaração que desmoralize a autonomia da Assembleia Legislativa, conforme questionou o deputado Ondanir Bortolini (PSD), o Nininho.

Na última segunda-feira (19), quando questionado se estava sendo ameaçado pela Assembleia Legislativa para fazer os repasses devidos, sob o risco de a Mesa Diretora acionar a Justiça, Taques disse: “Eu tenho certeza que um homem como o Guilherme Maluf [presidente da Casa] e a Assembleia Legislativa não precisam ameaçar ninguém”.

O governador afirma que sua declaração foi em referência ao respeito e à harmonia mantidos entre os poderes.

“Eu nunca disse que a Assembleia não aprova, que não ameaça. Isso é fuxico daqueles que querem desestabilizar uma relação, que é de independência e harmonia”, afirmou o governador durante a entrega de 75 ambulâncias a municípios..

Os veículos foram adquiridos pelo Governo do Estado com recursos devolvidos pela Assembleia Legislativa.

Na ocasião, Taques reiterou o trabalho conjunto com o Legislativo e aproveitou para agradecer aos deputados o apoio durante sua gestão.

“Eu quero agradecer aos deputados estaduais a aprovação de de 72 projetos de lei em dois anos. Nós apresentamos 82 projetos e a Assembleia aprovou 76. Não vamos deixar que os fuxiqueiros e que os mexeriqueiros possam estragar a relação de independência e harmonia que existe entre o Legislativo e o Executivo”, afirmou.

Na ocasião, Taques ainda destacou que a entrega das ambulâncias só foi possível graças à ação conjunta de poderes.

“Antigamente, o dinheiro era roubado. Hoje, o dinheiro é devolvido e o cidadão recebe esse dinheiro através da concretização de políticas públicas, como nós estamos vendo aqui”, concluiu.

O deputado Ondanir Bortolini (PSD), o Nininho, esteve no evento de entrega das ambulâncias, quando questionou se Taques tinha declarado que a "Assembleia não ameaçava ninguém".

 

Comente esta notícia

Arruda 23/12/2016

A assembléia legislativa na verdade é submissa ao Anão ditador.

rocha 22/12/2016

Incompetente !!! incompetente

2 comentários

1 de 1