Cuiabá, 05 de Outubro de 2022
logo

28 de Novembro de 2013, 18h:45 - A | A

POLÍTICA / OFICIAL

João Emanuel é citado sobre afastamento da presidência

O vereador foi afastado tento cível quanto criminalmente

DA REDAÇÃO



O vereador João Emanuel (PSD) foi citado oficialmente por um oficial de Justiça, no final da tarde desta quinta-feira, do seu afastamento da presidência da Câmara Municipal de Cuiabá. Com isso, o vice-presidente, Onofre Júnior está, oficialmente, exercendo o cargo.

Emanuel foi afastado do cargo pela área criminal no período da manhã e, a tarde, por decisão da juíza Célia Vidotti, da Vara Especializada de Ação Civil Pública e Ação Popular da Capital, recebeu também o afastamento da área cível.

Em seu despacho, a magistrada afirma que "os diálogos gravados, aliados a prova documental carreada pelo Ministério Publico evidenciam indícios sérios que a conduta do requerido está a uma distância abissal dos deveres de lealdade e moralidade pública, podendo se perceber que é corriqueira a prática de ilicitudes para propiciar desvio de verbas públicas da Câmara Municipal de Cuiabá e o uso de cargo público para finalidades totalmente dissociadas daquelas constitucionalmente previstas".

Na manhã desta quinta-feira, os vereadores começam a ser ouvidos pelo Gaeco para se explicarem a respeito do fato de João Emanuel ter dito na gravação de vídeo que parte do dinheiro desviado seria para dividir com eles.

Cada vereador será ouvido individualmente por membros do Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado (Gaeco).

Comente esta notícia