facebook-icon-color.png instagram-icon-color.png twitter-icon-color.png youtube-icon-color.png tiktok-icon-color.png
Cuiabá, 22 de Maio de 2024
22 de Maio de 2024

17 de Setembro de 2010, 22h:49 - A | A

POLÍCIA /

Polícia prende suspeito de abusar de enteada de apenas 11 anos



MAYARA MICHELS
DA REDAÇÃO

 

>>> Clique aqui e receba notícias de MT na palma da sua mão

O caseiro Antônio Marcos Vieira de Souza, 32, foi preso acusado de abusar sexualmente da enteada J. B. A.,  de 11 anos, e por ameaça de morte à família da menina, no município de Aripuanã (1.002 km a Noroeste de Cuiabá).

De acordo com a Polícia Militar, Antônio foi preso em flagrante na quarta-feira (15), ameaçando de morte a família da menina, caso ele fosse preso. J. B. A. contou à polícia que o padrasto abusava dela sexualmente, todas as vezes em que bebia. A violência seria cometida desde que ela tinha 8 anos anos.

A mãe da criança passou a desconfiar do comportamento estranho da filha e, depois de uma conversa, descobriu que o próprio marido abusava da menina. A família mora em uma fazenda distante 9 km do centro de Aripuanã.

Conforme a Polícia, a mulher tirou satisfação com o marido, porém ele continuou a abusar da menina. No começo da semana, ela teria dito que iria à cidade levar a menina no médico, porém as duas foram até a delegacia denunciar Antônio, por estupro e por ameaças.

A Polícia Militar  foi até a fazenda a pedido da mãe, quando pegou em flagrante Antônio Marcos, fazendo ameaça de morte para toda a família. Ele foi preso pelo flagrante da ameaça e pelo crime de estupro de vulnerável.

Em depoimento, Antônio confessou as acusações e disse que abusava da menor quando estava sob o efeito do álcool. Confessou também que vinha ameaçando a família de morte, uma vez que temia ser preso.

O acusado foi preso e encaminhado à Cadeia Pública de Aripuanã. Nesta semana, a menina passou por exames para comprovação do estupro. A Polícia aguarda pelos resultados dos exames.

Segundo o padrasto, ele abusou pela última vez da criança na última sexta-feira (10).

Comente esta notícia