Cuiabá, 29 de Novembro de 2022
logo

09 de Dezembro de 2016, 09h:15 - A | A

POLÍCIA / "CANTO DA SEREIA"

Polícia Federal deflagra operação contra crimes de receptação de cargas em MT

A ação está sendo realizada em mais cinco estados. Ao todo, estão sendo cumpridos 84 ordens judiciais pela PF e PRF.

DA REDAÇAO



A Polícia Federal e Polícia Rodoviária Federal (PRF) desencadearam, nesta sexta-feira (9), a Operação Canto da Sereia.

O objetivo é reprimir crimes de desvio e receptação de carga realizadas por organização criminosa em várias cidades brasileiras - entre elas, Rondonópolis (212 km ao Sul de Cuiabá).

>>> Clique aqui e receba notícias de MT na palma da sua mão

Mais de 300 policiais das duas instituições federais estão cumprindo 84 ordens judiciais expedidas pela Justiça do Estado de Sergipe, sendo 28 mandados de prisão preventiva, sete mandados de prisão temporária e 49 mandados de busca e apreensão em cidades dos estados de Sergipe, Bahia, Alagoas, São Paulo, Mato Grosso e Goiás.

O prejuízo com a subtração dessas mercadorias pode ultrapassar R$ 15 milhões.

De acordo com a Polícia Federal, desde a execução da Operação Subida da Torre (ação conjunta com a PRF, em dezembro de 2015), a conduta das quadrilhas que agiam na região sofreu modificações.

Foi detectado que vários desvios de cargas aconteceram, nas divisas entre os estados de Sergipe, Bahia, Alagoas e Pernambuco.

A ação do bando consistia em aliciar motoristas para que entregassem cargas de interesse da quadrilha e, em muitas vezes, a negociação era proposta pelo próprio motorista da carga, que oferecia a mercadoria aos aliciadores.

Após a negociação, o motorista registrava ocorrência policial como roubo em outro estado, para dissimular e dificultar a investigação policial.

A quadrilha movimentava estrutura de logística para transbordar, esconder, transportar e negociar a carga roubada junto a uma rede de receptadores, que comprava as mercadorias provenientes dos crimes para revender em seus estabelecimentos comerciais.

Os mandados judiciais então sendo cumpridos nos estados de Sergipe, Bahia, Alagoas, São Paulo, Mato Grosso e Goiás.

Os bandidos responderão pelos crimes de lavagem de dinheiro, corrupção ativa, corrupção passiva, fraude à licitação, advocacia administrativa, falsa comunicação de crime e de organização criminosa.

Canto da Sereia

Assim como na lenda, a denominação da operação faz referência ao aliciamento, que é feito pela quadrilha aos motoristas de transporte de cargas, como Canto da Sereia.

Comente esta notícia