facebook-icon-color.png instagram-icon-color.png twitter-icon-color.png youtube-icon-color.png tiktok-icon-color.png
Cuiabá, 21 de Junho de 2024
21 de Junho de 2024

29 de Dezembro de 2022, 09h:08 - A | A

POLÍCIA / AÇÃO E REAÇÃO

Jovem que matou padrasto após assassinato da mãe se entrega à polícia

Alderi Junior Quebim, 25 anos, se apresentou espontaneamente na DHPP

JOÃO AGUIAR
DO REPÓRTERMT



O jovem Alderi Junior Quebim, 25 anos, acusado de matar o padrasto, Leodir Evelásio de Almeida, 58 anos, a facadas, após o homem assassinar sua mãe, Genésia Maria Pereira, 52 anos, se apresentou à Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) em Cuiabá, na terça-feira (27).

Conforme a defesa de Alderi, o jovem se apresentou espontaneamente na DHPP, assinou um certificado de apresentação na delegacia e agora aguarda ser chamado para prestar depoimento.

>>> Clique aqui e receba notícias de MT na palma da sua mão

O caso foi registrado na segunda-feira (26). Leodir matou a esposa Genésia com um tiro de espingarda, dentro da casa onde moravam, no bairro 15 de Maio, em Várzea Grande.

Leia mais

Homem mata esposa com tiro de espingarda, é perseguido e esfaqueado pelo enteado

Morre homem que foi esfaqueado pelo enteado após matar esposa a tiros

Ele tentou fugir após o crime, mas foi encontrado por Alderi, filho mais velho da vítima, que o golpeou usando uma faca e pauladas.

O Serviço de Atendimento Médico Móvel de Urgência (Samu) foi acionado e encaminhou Leodir ao Pronto-Socorro de Várzea Grande, mas ele não resistiu aos ferimentos e morreu na manhã de terça.

O caso segue sendo investigado pela Polícia Civil.

Comente esta notícia