Cuiabá, 08 de Fevereiro de 2023
logo

05 de Janeiro de 2023, 21h:00 - A | A

POLÍCIA / CASO ABSURDO

Casal é preso por vender filmes de estupro dos filhos

Vítimas são um menino de 6 anos e uma menina de 1 ano e três meses

DO CATRACA LIVRE



A Polícia Federal prendeu na manhã desta quinta-feira, 5, em Paraty, no litoral do Rio de Janeiro, um casal suspeito de abusar sexualmente dos próprios filhos. As vítimas são um menino de 6 anos e uma menina de 1 ano e 3 meses.

Segundo a PF, o casal produzia e divulgava os vídeos dos abusos sexuais cometidos com os filhos no exterior há pelo menos um ano. Eles cobravam entre R$ 150 e R$ 200 pelas gravações. Contra os dois, havia mandados de prisão expedidos pela Justiça Federal. As informações são da Agência Brasil.

>>> Clique aqui e receba notícias de MT na palma da sua mão

A Operação Non Matri (“Não é mãe”, em português) foi iniciada com base em informações repassadas pela Europol (Agência da União Europeia para a Cooperação Policial) ao Serviço de Repressão a Crimes de Ódio e Pornografia Infantil da PF.

Durante as investigações, os policiais federais analisaram os vídeos divulgados no exterior e identificaram a mãe das vítimas, que foi presa junto com o marido em casa, no bairro Mangueiras. Também foram cumpridos dois mandados de busca.

Os presos responderão pelos crimes de estupro de vulnerável, previsto no Código Penal, e compartilhamento e armazenamento de pornografia infantil, previsto no Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA). Se condenados, eles podem pegar até 25 anos de prisão. Leia mais em Catraca Livre

Comente esta notícia