Cuiabá, 26 de Setembro de 2022
logo

27 de Novembro de 2013, 15h:32 - A | A

POLÍCIA / VEJA O VÍDEO

Alunas do curso de Direito trocam tapas e puxões de cabelo no pátio da Univag

Alunas podem ser expulsas da faculdade; reitoria abriu processo administrativo

JOÃO RIBEIRO
DA REDAÇÃO



Uma briga entre duas universitárias, alunas do curso de Direito, no pátio da Universidade de Várzea Grande (UNIVAG) chamou atenção dos estudantes do local e causou muita confusão no Centro Universitário. A 'batalha' ocorreu na manhã desta quarta-feira (27). Nas imagens, duas garotas aparecem trocando socos e puxões de cabelo. Ao ver a confusão outros universitários tentam conter as jovens, mas as duas vão parar no chão.

Mesmo caídas elas continuam se agredindo. Somente com muita dificuldade, as testemunhas conseguiram separar as duas. Uma das ‘brigonas’, que parecia estar muito irritada, tenta reiniciar a briga, mesmo após apartada, mas é contida por um colega. Após a luta, as duas foram embora.

>>> Clique aqui e receba notícias de MT na palma da sua mão

A Polícia Militar foi acionada. Segundo uma testemunha, as jovens cursam Direito, curso onde deveriam aprender que, o respeito às leis e ao direito do próximo sempre estão em primeiro lugar.

Ao RepórterMT, o vice-reitor da Univag, Flávio Foguel, disse que irá abrir um processo administrativo e disciplinar para decidir a punição das alunas. Elas podem ser expulsas da faculdade ou receber apenas uma advertência. “Só o que sabemos é que a briga não tem nada a ver com a Univag, o desentendimento entre as duas ocorreu fora do Campus”, explicou.

A Univag se negou informar os nome das duas universitárias brigonas.

OUTRO LADO

Em contato com o RepórterMT, a universitária identificada apenas como Taís, usando blusa verde no vídeo, disse que a briga começou porque tentou proteger um amigo de ser ferido com um estilete pela outra acadêmica de Direito. “Ela tentou ferir meu colega com um estilete. Eu e outros amigos fomos segurar, mas menina partiu para cima de mim, me dando socos e puxando meu cabelo. Fui obrigada a me defender”, explicou.


Veja vídeo:


Comente esta notícia

ivan cecilio 28/11/2013

Quando a intolerância impera, ao ponto de se resolver no tapa!!!!!Alguma coisa anda errada na criação desses jovens,você é na rua cópia do que se vive em sua casa.Que Deus ilumine nossos jovens,pois o diálogo ainda é a melhor maneira de resolver qualquer litígio por isso futuras Doutoras muita calma!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Vinicius 28/11/2013

professor charles kkkkkkkkkkkk

Paula 27/11/2013

Obs: uma das meninas esta usando calçola....

izaura 27/11/2013

Exemplo a seguir sim. Defender alguém, um ser humano de ser morto por facadas

Dario 27/11/2013

Vai abrir processo administrativo, seeei.... Igual foi aberto para resolver o caso da aluna e do aluno de engenharia que estavam transando dentro da sala de aula no Bloco D? kkkkk Essa UNIVAG!

Erica Benattic 27/11/2013

Nossa que absurdo!!!! As pessoa são carniceiras mesmo hein,não sabem o que acontece e ficam aí criticando sem saber o rel motivo desta confusão. AS VIAS DE FATO, NADA TEM HAVER COM NAMORADO ou outro motivo torpe... Antes de postarem uma reportagem, deveriam verificar as informações primeiramente e esclarecer as coisas. A briga foi ocasionada por BULLING,uma das meninas que brigaram vem sendo agredida moralmente e psicológicamente,por um grupo de baderneiros que se dizem futuros ADVOGADOS.Não sou estudante desta sala,mas fiquei sabendo que existem várias facções,muitas fofocas,picuinhas no meio destes acadêmicos...Tem muita gente sem noção ali dentro.Penso que a UNIVAG deveria se atentar para o BUlLLING,preconceitos raciais e de classe social está ocorrendo em demasia ali dentro.A coisa é bem mais grave, que esta filmagem que só mostra o barraco,mas não mostra o motivo real destas agressões.Muitos dos que estão criticando,chamando as individuas de vagabundas ou sei lá,fazem pior aí fora, a diferença é filmado.Nem todas agressões ligadas a mulheres tem a ver com MACHO ou coisas fúteis.O motivo aí,foi BULLING e isto é gravíssimo.

Fran 27/11/2013

Falta do que publicar

Rosana Silva 27/11/2013

Ah tá entendi, acadêmica de Direito??? Pensei que era oitavo ano. QUE PORRA É ESSA???? Volta pro primário! Expulsa essas

ELIEL 27/11/2013

Cade os Segurança ? so mente um segurança para apartar a briga

9 comentários

1 de 1