Cuiabá, 02 de Julho de 2022
logo

Sexta-feira, 17 de Junho de 2022, 19h:00 - A | A

POLÊMICA DOS SERTANEJOS

Botelho prepara lei que limita gastos públicos com shows em MT

A proposta visa obrigar os municípios a destinar parte da verba para artistas locais.

DAFFINY DELGADO
DO REPÓRTER MT

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Eduardo Botelho (União Brasil), afirmou essa semana que os deputados estão trabalhando na criação de um projeto de lei que limite o uso de verba pública para realização de shows e eventos em Mato Grosso.

A medida surge em meio à polêmica em torno da utilização de dinheiro público para contratação de shows e realização de eventos milionários por todo o Brasil.

>>> Clique aqui e receba notícias de MT na palma da sua mão

>>> Receba notícias no Telegram e fique bem informado

De acordo com Botelho, não há ilegalidade nas contratações. Entretanto, ele questiona a "injustiça" que vem sendo feita com os artistas do Estado.

"Acho que os recursos são para isso, mas precisamos sim direcionar melhor isso. Não é justo gastarmos milhões para bancar artistas de fora e quando vai pagar o artista local eles querem dar uma mixaria. O cara vem e gasta R$ 1 milhão em show e R$ 20 mil com os artistas locais, é justo isso? É muita injustiça. Nossos artistas estão passando necessidade", reclamou.

Botelho ainda acrescentou que o projeto de lei visa delimitar esses recursos e destinar uma porcentagem para os artistas locais. A quantia, entretanto, ainda não foi definida.

"Eu estou construindo um projeto em cima disso, delimitando como devem ser empregados esses recursos, estipulando ali um percentual de repasse dessas emendas especificamente pra artistas locais. E eu defendo também uma limitação de gasto com esse tipo de evento, porque é muito dinheiro público pra bancar festa", emendou Botelho.

Leia mais sobre o assunto

MP manda investigar prefeituras que contrataram shows sertanejos em MT

Comente esta notícia