Cuiabá, 29 de Janeiro de 2023
logo

19 de Novembro de 2014, 09h:20 - A | A

OPINIÃO /

Realidade Casual

Todos os dias embarcamos, sem querer, em alguma forma de mudança

WILSON CARLOS FUÁ



Todos os dias embarcamos, sem querer, em alguma forma de mudança, às vezes em nosso nome ou em nome de alguém, cada dia é um novo começo, mas apesar de tudo ser novo, devemos guardar nas bagagens imaginárias os melhores momentos das nossas vidas, porque vivemos num mundo em que tudo pulsa e os momentos são os verdadeiros alimentados das nossas emoções.

Em nossas voltas estão cheias de novas mensagens e sinais espalham pelos nossos caminhos, o importante saber ouvir o nosso coração e sentir que a realidade nos diz que nada é casual, as respostas vão sucedendo, pois tudo tem uma razão de ser e estar.

Em algum lugar do seu futuro tem um tesouro a sua espera, que pode ser um pequeno sorriso ou apenas alguém lhe desejando um bom dia, mas poder ser também a realização de um objetivo ou um reencontro de um relacionamento perdido. Não importa se são tesouros aparentemente perdidos ou escondidos, o importante é saber que eles estão a esperar por aqueles que acreditam que a vida é feita de pequenos e grandes milagres, principalmente para aqueles, que há muito tempo sabem que os milagres são internos, porque ninguém viver a sua vida por você. Aquilo que acostumamos chamar de rotina, na verdade está cheia de novas propostas e oportunidades de conquistas.

Nesse mundo grupal, as pessoas estão deixando de serem elas mesmas, só pelo desejo de ser aceitas ou ser politicamente correto, e pensam que para serem aceitas, vivem dando respostas que os outros querem ouvir. Dar antes de receber é uma das virtudes mais maravilhosa que existe, mas dificilmente encontramos pessoas que comungam o mesmo princípio.

Não projete o seu viver na individualidade, por que pessoas que te amam, forma elos de reconhecimento das suas conquistas e dessas emoções nasce satisfação plena de viver, veja se nas suas comemorações existem pessoas presentes além de você, porque sozinho ninguém é feliz.

Economista Wilson Carlos Fuáh – É Especialista em   Recursos Humanos e Relações Sociais e Políticas. Fale com o Autor: [email protected]

>>> Siga a gente no Twitter e fique bem informado

Comente esta notícia