Cuiabá, 05 de Outubro de 2022
logo

27 de Novembro de 2013, 09h:00 - A | A

OBRAS DA COPA / TRINCHEIRA SANTA ROSA

Obra de travessia transforma o conceito de mobilidade urbana

Outras duas trincheiras integram o pacote de travessia urbana na av. Miguel Sutil: Verdão e Jurumirim/Trabalhadores

DA REDAÇÃO
DA REDAÇÃO



Intervenções complexas e desenvolvidas em etapas diferentes das demais construções já executadas na capital de Mato Grosso. As trincheiras são obras de arte de engenharia que solucionam os conflitos viários com mergulho subterrâneo na via. As escavações chegam até oito metros de profundidade e causam menor impacto arquitetônico na cidade.

No pacote de travessia urbana que redesenha o tráfego na avenida Miguel Sutil três trincheiras estão sendo construídas: Santa Rosa, Verdão e Jurumirim/Trabalhadores. “São obras que exigem mais cautela, a avenida Miguel Sutil sofreu escavações profundas e tivemos que enfrentar todas as imprevisibilidades com as interferências. Algumas previstas outras não, mas superamos essa fase e estamos dando passos importantes, como a remoção de autoras”, destacou o engenheiro civil, Jamir Sampaio.

Segundo Sampaio, após a remoção das adutoras, ocorrida no último fim de semana, a obra seguirá no trecho antes bloqueado com serviços simultâneos de conclusão da cortina atirantada e drenagem e pavimentação das pistas locais.

Com 520 metros de extensão, a trincheira do Santa Rosa foi planejada para eliminar o conflito viário na rotatória entre os bairros Duque de Caxias e Santa Rosa. De acordo com estudos realizados pela Secopa em 2010, no período da manhã, entre 7h às 8h, circulavam pela via aproximadamente 6.450 veículos. No final da tarde, entre 17h30 e 18h30, quase 6.370 carros trafegavam por uma das rotatórias mais movimentadas da capital mato-grossense.

Com dois trechos de interdição a obra segue com 11 frentes de serviços simultâneas. Cerca de 50 operários e técnicos executam os serviços em andamento, como concretagem de laje de transposição, drenagem, pavimentação e muro de arrimo. Um trecho de 2,48 km com pavimentação e recuperação das vias existentes está em execução, assim como a pista dentro da trincheira e novas pistas no alargamento da avenida.

A obra tem como o objetivo melhorar a capacidade e segurança viária da travessia urbana de Cuiabá. A trincheira beneficiará diretamente moradores, comerciantes e motoristas que circulam pela região dos bairros Santa Rosa, Duque de Caxias, Goiabeiras, Jardim Cuiabá, Santa Amália, Jardim Mariana, Santa Marta, Centro Norte, Popular, entre outros.

TRAVESSIA URBANA

A trincheira Santa Rosa integra o pacote de intervenções de travessia urbana, resultado de um convênio entre Governo do Estado e Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), na ordem de R$ 165 milhões. Essas intervenções abrangem os trechos urbanos de três rodovias federais (BRs 364/163/070), que englobam as avenidas Miguel Sutil, Fernando Corrêa da Costa e FEB.

Dentro do pacote de obras, além das trincheiras Santa Rosa, Verdão e Jurumirim/Trabalhadores, estão em andamento o Complexo Viário do Tijucal, a construção dos viadutos da Dom Orlando Chaves/FEB, das trincheiras Jurumirim/Trabalhadores e Verdão.

Comente esta notícia