Cuiabá, 31 de Janeiro de 2023
logo

05 de Novembro de 2014, 13h:57 - A | A

GERAL / OBRA DE R$ 28 MILHÕES

Calçadão do projeto de revitalização do Porto deve ser entregue este ano

As obras, que iniciaram em janeiro, continuam a passos lentos e para este ano está previsto apenas a entrega do calçadão da orla

ALINE FRANCISCO
DA REDAÇÃO



  • A Prefeitura de Cuiabá não vai conseguir entregar este ano o projeto de revitalização da orla do Porto. As obras, que iniciaram em janeiro, tiveram problemas em seu andamento por causa de uma briga judicial para retirar os comerciantes do local. Para este ano, está previsto apenas a entrega do calçadão da orla.

  • De acordo com a Secretaria de Comunicação Social, a obra está em fase de construção do murro de arrimo, que visa evitar futuros desmoronamentos no local. De acordo com a assessoria, esta é a etapa mais demorada da obra, já que as pedras do murro tem que ser colocadas uma a uma e manualmente.

  • O processo teria iniciado há mais de dois meses, e ainda não tem previsão para ser concluído. A previsão inicial da prefeitura era que fosse inaugurada até a Copa do Mundo.
  • No local, a Prefeitura trabalha para manter 80 espécies de árvore históricas, entre elas buriti, babaçu, cambará rugoso, ingá, gonçaleiro, entre outras. As árvores foram identificadas e demarcadas.
  •  
  • O PROJETO

  • O projeto Porto-Cuiabá prevê a requalificação de um trecho de 1,3 quilômetros, entre as pontes Júlio Muller e Nova. Ao longo da orla, será construída uma via paralela à Beira-Rio, com calçadão de 12 metros de largura com praças, centro de entretenimento, bares, píer, rampas para acessibilidade, quiosques padronizados, aquário, entre outras atrações.
  •  
  • O projeto visa contemplar lazer, esporte, patrimônio histórico e a cultura cuiabana com uma readequação urbana da região do Porto promovendo a reintegração do rio ao convívio social. A ideia é transformar a região do Porto no principal centro de entretenimento para a população cuiabana e aos visitantes.

 

 

>>> Clique aqui e receba notícias de MT na palma da sua mão

 

 

 

 

 

 

 

 

Comente esta notícia