Cuiabá, 04 de Julho de 2022
logo

Sexta-feira, 17 de Junho de 2022, 11h:46 - A | A

ESQUARTEJADOS E QUEIMADOS

PF descarta crime de mando nas mortes de indidenista e jornalista no Amazonas

DA REDAÇÃO

A Polícia Federal descartou participação de organizações criminosas ou mandantes políticos pela morte do indigenista Bruno Araújo e do jornalista britânico Dom Phillips.

Em nota, a PF informou que, "até o momento, as investigações continuam e que, apesar de os dois suspeitos presos não terem agido através de um mandante, o inquérito ainda busca confirmar ou descartar se houve a participação de outras pessoas no assassinato e novas prisões podem acontecer", informou.

A União dos Povos Indígenas do Vale do Javari (Unijava), contesta a PF e, em nota,  afirmou que "não concorda com o desfecho da Polícia Federal que afirma não haver mandante para o crime.

Decerto sabem mais de investigação que os agentes treinados da Polícia Federal, uma das forças policiais mais respeitadas do mundo. 

>>> Clique aqui e receba notícias de MT na palma da sua mão

>>> Receba notícias no Telegram e fique bem informado

Comente esta notícia