facebook-icon-color.png instagram-icon-color.png twitter-icon-color.png youtube-icon-color.png tiktok-icon-color.png
Cuiabá, 13 de Julho de 2024
13 de Julho de 2024

10 de Julho de 2024, 18h:26 - A | A

VARIEDADES / FUNDADOR DA AMAZON

Fundo ambiental de Jeff Bezos está interessado na pecuária brasileira

DO REPÓRTERMT



O Brasil é um dos maiores produtores e exportadores de carne do planeta, com um setor pecuarista responsável por gerar um grande número de empregos e movimentar a economia de várias regiões. No entanto, em meio a conscientização ambiental e a ascensão de iniciativas mais sustentáveis, a pecuária brasileira ainda reluta em se adaptar às novas demandas.

Com o intuito de alterar esse panorama, o fundador da Amazon, Jeff Bezos, decidiu utilizar seu fundo ambiental, o Bezos Earth Fund, para investir na pecuária do país e reduzir os impactos ambientais provocados pela atividade.

>> Clique aqui e participe do grupo de WhatsApp 

Estratégias sustentáveis

Sob a liderança de Andy Jarvis, o Bezos Earth Fund destinou US$ 1 bilhão para o setor pecuarista brasileiro, especialmente para o Pará, estado onde o aumento das cabeças de gado ameaça a integridade da floresta amazônica. Através do fundo ambiental de Bezos, um dos objetivos é adotar um sistema amplo de rastreabilidade do gado, para que as autoridades consigam monitorar melhor a procedência da carne.

A entidade também conta com o apoio do governo local e de outras organizações sem fins lucrativos para implantar tecnologias de produção que reduzam a emissão dos gases poluentes. Entre elas, está o uso de suplementos que diminuem a emissão de gás metano pelo gado e técnicas de manejo mais efetivas, que utilizam análise de dados e inteligência artificial.

Presente em vários segmentos, desde plataformas de jogos e apostas, indicando os melhores games para aumentar seus ganhos no cassino online, até no desenvolvimento de eletrônicos e eletrodomésticos, a tecnologia da IA está se tornando cada vez mais essencial no mundo contemporâneo.

Além de modernizar a pecuária brasileira e transformá-la em uma atividade mais sustentável, o Bezos Earth Fund pretende elaborar um modelo de operações eficiente, que possa ser adotado em outros países exportadores de carne ao redor do mundo. Desse modo, a meta da entidade a longo prazo é revolucionar o sistema global de produção de alimentos, o adaptando à realidade em que vivemos hoje.

Desafios a serem superados

Apesar dos benefícios que essa transformação será capaz de gerar, ainda existem diversos desafios para serem resolvidos. Por um lado, uma parcela dos produtores brasileiros permanece resistente às mudanças, pois o antigo modelo de operações está muito consolidada na região, sendo transmitido de geração em geração há muitos anos.

Outra questão que dificulta esse processo é o fato da cadeia de produção pecuarista no Brasil ser altamente complexa. Desse modo, a inclusão de técnicas mais sustentáveis e da tecnologia de rastreabilidade nos animais exige uma grande cooperação logística entre múltiplos agentes. Para que o novo modelo de operações funcione, é preciso que tanto os grandes frigoríficos como os pequenos produtores estejam dispostos a adotá-lo.

Além disso, é preciso superar obstáculos relacionados à infraestrutura local e as instabilidades políticas da região, pois nem sempre há um consenso entre as autoridades sobre a importância das práticas sustentáveis. Portanto, o grande desafio do fundo ambiental Bezos Earth Fund é conseguir colaborar com todos esses setores e adotar iniciativas coordenadas que estejam em conformidade com as partes envolvidas.

Comente esta notícia