Cuiabá, 31 de Janeiro de 2023
logo

16 de Novembro de 2014, 17h:23 - A | A

POLÍTICA / MESA DIRETORA

Zé Domingos diz que está entre competentes para assumir presidência da Assembleia

O deputado declarou ao RepórterMT seu desejo de disputar a vaga almejada tanto pelo grupo de oposição ao governador eleito Pedro Taques (PDT), quanto pelo grupo de situação do próximo governo.

MARCIA MATOS
DA REDAÇÃO



Mesmo faltando mais de dois meses para a realização da votação para a Mesa Diretora da Assembleia Legislativa, é cada vez maior o  número de “pré-candidatos” ao cargo de presidente da Casa.

Após declarar à imprensa que não votaria no deputado Mauro Savi (PR) para presidente da Assembleia Legislativa, porque o colega não representaria uma mudança na gestão da Casa, o deputado José Domingos Fraga (PSD) declarou ao RepórterMT seu desejo de disputar a vaga almejada tanto pelo grupo de oposição ao governador eleito Pedro Taques (PDT), quanto pelo grupo de situação do próximo governo.

“Meu nome dentro do partido sempre esteve à disposição. Nunca escondi a minha vontade de também fazer parte da mesa diretora”, disse.

O deputado, porém, fez questão de frisar que não se trataria de alguma diferença contra o parlamentar mais cotado, até então, para assumir o cargo de presidente da Assembleia, que inclusive teria o apoio do primeiro secretário e maior liderança do seu partido, o deputado José Riva (PSD).

“Não é que eu não voto no Mauro Savi.  Eu tenho dito que eu sou a favor da alternância. Eu sou a favor  de que a gente possa buscar oportunizar uma nova liderança a ser gestor dessa Casa, e nos  temos aí vários deputados, entre esses vários deputados que têm mais de um mandato. Eu me insiro dentro desse contexto, que eu acho que tenho competência de também exercer um cargo de direção nessa Casa. Eu não sou contra “A” ou “B”, eu simplesmente acho que temos que ter alternância”, argumentou.

Além de Savi, candidato declarado e Fraga, pretenso pré-candidato, também já declararam seu desejo pela cadeira de presidente do Parlamento Estadual, o deputado Walter Rabello (PSD).

Já no grupo da situação governista do próximo pleito, a articulação é para formar uma chapa pura. Entre os aliados já teriam se colocado à disposição para disputar a presidência o novato Eduardo Botelho (PSB) e os reeleito Zeca Viana (PDT), Guilherme Maluf (PSDB) e Dilmar Dal Bosco (DEM).

 

 

 

 

Comente esta notícia