facebook-icon-color.png instagram-icon-color.png twitter-icon-color.png youtube-icon-color.png tiktok-icon-color.png
Cuiabá, 22 de Maio de 2024
22 de Maio de 2024

27 de Setembro de 2010, 11h:26 - A | A

POLÍTICA /

Lula bate-papo com Abicalil na TV e pede votos para petista



ISA SOUSA
DA REDAÇÃO

Na reta final das eleições, o candidato ao Senado pelo PT, deputado federal Carlos Abicalil recebeu apoio incisivo do presidente Luis Inácio Lula da Silva, em seu horário eleitoral gratuito.

O presidente da República elogia a performance de Abicalil no Congresso, pede votos e diz que sua eleição é importante para o projeto do PT que visa à sucessão no Palácio do Planalto, com a eleição de Dilma Rousseff.

Durante três minutos, Lula afirmou, ao lado de Abicalil, que os dois se conheceram em 1990, em Cuiabá. Chamando o candidato ao Senado de "velho companheiro e amigo" o presidente afirmou que, poucas vezes, alguém se dedicou "tanto para aperfeiçoar o sistema educacional brasileiro como Abicalil".

Prazer

Lula também enumerou ações do deputado, como importante figura na criação das Escolas Técnicas e na aprovação do Programa de Desenvolvimento Educacional (PDE).

"Por isso, eu sinto prazer imenso de estar conversando com um homem que está crescendo nas pesquisas de opinião pública e que, certamente, junto com [ex-governador] Blairo Maggi representarão o Estado do Mato Grosso no Senado da República", completou o presidente.

Segundo Lula, que vem pedindo votos tanto para seu partidário como para o ex-governador, devido à coligação Mato Grosso em Primeiro Lugar, é importante que os dois sejam eleitos para que, nos próximos anos, não se repita um "Senado raivoso",  que, segundo ele,  ocorreu nos seus oito anos de gestão no Palácio do Planalto.

"Derrotaram a CPMF, ou seja, tiraram R$ 40 bilhões da Saúde por ano, depois que a gente tinha aprovado o PAC. Eles derrotaram só para se vingar, achando que iriam prejudicar o presidente Lula, quando, na verdade, o que eles prejudicaram foi o povo pobre desse país, que precisa de assistência médica gratuita do SUS", afirmou Lula.

"Tenho certeza que esse desempenho que temos na pesquisa hoje se deve muito a um dever de gratidão que tenho para com o senhor, com o povo brasileiro. E, ao mesmo tempo, imagino que, no Senado da República, nosso desafio é constituir uma melhor aliança entre o Governo Federal e o Governo do Mato Grosso", observou Abicalil.

Comente esta notícia