facebook-icon-color.png instagram-icon-color.png twitter-icon-color.png youtube-icon-color.png tiktok-icon-color.png
Cuiabá, 17 de Maio de 2024
17 de Maio de 2024

03 de Agosto de 2010, 15h:54 - A | A

POLÍTICA /

Governador Silval manda senador Jayme cortar a orelha

RD



Priscila Hauer

O governador Silval Barbosa (PMDB) desafiou o senador Jayme Campos (DEM) a cumprir a promessa de que se o peemedebista apresentasse ao menos uma obra social realizada em sua gestão ou na de Blairo Maggi, iria cortar uma de suas orelhas.  “Tanto Jayme quanto seu irmão Júlio (Campos) foram governadores e não fizeram um metro de saneamento básico”, diz, antes de listar as obras sociais feitas pelo governo. “Implantamos salas de inclusão digital em 100% dos municípios.

Todas as escolas estaduais têm laboratórios de informática e ainda temos o programa "Luz para Todos". Isso não é obra social?”, questiona, ao enfatizar que esses são apenas algumas das centenas de obras sociais feitas no Estado em sua gestão. “Oitenta mil famílias ganharam um novo lar. E no governo dele? Deu casa para alguém?”, desafia.

Silval, que tem uma ligação antiga com a família Campos e sempre fez questão de deixar claro isso ao contar que ajudou a eleger Jayme e depois Júlio, agora se vê bombardeado pelos democratas, e que compõem a coligação "Senador Jonas Pinheiro", encabeçada pelo ex-prefeito de Cuiabá Wilson Santos (PSDB).

 “Consegui R$ 18 milhões para saneamento básico em Cuiabá. Wilson e a turma do Jayme não conseguem sequer licitar R$ 200 mil”. Ele criticou o estilo de campanha adotado pelo tucano. “Não sei mentir. Não prometo o mundo e a alma. Estou há 20 anos na política e todos sabem que a minha palavra é documento”.

Comente esta notícia