Cuiabá, 05 de Dezembro de 2022
logo

19 de Dezembro de 2016, 15h:05 - A | A

POLÍTICA / ARTICULAÇÕES POLÍTICAS

Bezerra diz que Antônio Joaquim será candidato em 2018 pelo PMDB

Cacique do partido afirma que é cedo para dizer qual cargo eletivo o atual presidente do Tribunal de Contas vai disputar em MT

FRANCISCO BORGES
DA REDAÇÃO



O presidente do PMDB em Mato Grosso, deputado federal Carlos Bezerra, afirmou que o conselheiro do Tribunal de Contas do Estado (TCE), Antônio Joaquim, já manifestou interesse em se filiar à sigla, assim que deixar o comando do órgão de controle, no final de 2017.

“Não posso antecipar que ele seja o candidato porque está muito cedo e esse processo vai ser objeto de uma grande discussão interna”, declarou.

“Ele [Joaquim] pretende o ano que vem deixar o TCE e quer militar no PMDB. Escolheu o PMDB. Quer filiar no partido e militar no partido. É um quadro importante, sem dúvidas, e o partido está aberto para ele, vai participar internamente desse processo de discussão do partido”, frisou Bezerra.

Apesar dos rumores, Bezerra não quis comentar se a candidatura de Antônio Joaquim seria ao cargo de governador.

“Não posso antecipar que ele seja o candidato porque está muito cedo e esse processo vai ser objeto de uma grande discussão interna”, declarou.

Ao exemplificar a situação, Bezerra disse que para viabilizar o nome do prefeito eleito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (PMDB) foi necessário que o partido afastasse nomes que queriam disputar o Palácio Alencastro, como o do deputado Valtenir Pereira.

“Só tivemos êxito [nas eleições] porque o partido afastou outros nomes que queriam ser candidatos. O Valtenir estava ‘embalado’, fazendo campanha e nós tivemos que tirá-lo”, ressaltou.

O conselheiro já disse que tem pretensões políticas para o pleito de 2018, mas faz mistério se tem interesse em se candidatar a deputado estadual, federal, senador ou governador do Estado.

Antes de ser conselheiro do TCE, Antonio Joaquim exerceu mandatos de deputado estadual e federal, além de atuar como secretário de Estado. Agora, ele analisa que é o momento de voltar à vida política.

Além do PMDB, vários outros partidos “cobiçam” a filiação de Antonio Joaquim. 

A vaga ocupada por ele é de indicação do Executivo estadual. Desta forma, caberá ao governador Pedro Taques (PSDB) indicar um novo nome para fazer parte do quadro do TCE. 

Nos bastidores, o nome do deputado estadual Guilherme Maluf (PSDB) é apontado como o mais cotado. 

Leia mais

Antônio Joaquim diz que deixa TCE em 2017 e tenta cargo eletivo em 2018

Presidente do TCE é 'desejo' de líderes do PSB para disputar Senado

Comente esta notícia

Felipe 19/12/2016

Que piada sem graça. Kkkkkkkkkkkk Só ele eles falam o nome deles. Povão nem quer saber. Votê votê votê.

1 comentários

1 de 1