Cuiabá, 30 de Junho de 2022
logo

Terça-feira, 25 de Outubro de 2011, 14h:55 - A | A

PRONTO SOCORRO

Avallone isenta empresa de seus irmão por desabamento de teto

O deputado é tido como culpado pelos vereadores, já que as obras foram feitas por empresa de sua família, a Construtora Três Irmãos

FERNANDA LEITE

O deputado estadual Carlos Avallone (PSDB) alegou que os problemas ocasionados no Pronto Socorro de Cuiabá são de responsabilidade da empresa que presta manutenção no teto. O parlamentar é apontado pelos vereadores como culpado da “péssima” qualidade dos serviços realizados, já que as obras foram feitas por empresa de sua família, a Construtora Três Irmãos. A reforma foi realizada no ano passado e custou R$ 6 milhões aos cofres públicos. A 3 Irmão, que realizou boa parte da obra,  teria ficado com a metade do valor.

Ao se defender na tribuna da Câmara de Cuiabá na manhã de hoje (25), o parlamentar  disse que fez vistoria no local e tirou fotos, apontando telhas quebradas, ausência de uma telha e restos de obras no ar condicionado. Isso pode ter provocado, segundo ele, entupimento de calhas e vazamento no forro. “Há um ano e sete meses a obra terminou e, nesse período, outras empresas foram contratadas para prestar serviços de manutenção em diferentes áreas”, apontou.

Autor da representação na Procuradoria de Justiça Especializada na Defesa da Probidade Administrativa do Ministério Público de Mato Grosso, o vereador Domingos Sávio (PMDB) classificou como “pouco esclarecedora” a explicação de Carlos Avallone. “Ele diz que nem é proprietário da empresa e vem aqui defender uma obra recheada de falhas”, disse o vereador.

Toninho de Souza (PSD) lamenta que a Construtora Três Irmãos sequer tenha enviado um dos proprietários e considera imprescindível que a obra seja refeita imediatamente. “Essa reforma foi alardeada em mídia pelo então prefeito Wilson Santos, sendo a maior da história do Pronto Socorro. O senhor Avallone está tratando a questão como se a queda do teto fosse um caso esporádico. Como se tivesse acontecido apenas desta vez. É a terceira”, criticou Toninho de Souza.

O vereador do PSD afirmou que a empresa Três Irmãos, mesmo não sendo responsável pelo desabamento de partes do teto vai realizar as obras de reparos no Pronto Socorro de Cuiabá. “A Três Irmãos já conversou com o prefeito Chico Galindo e está resolvendo os problemas da obra”, apontou.

Comente esta notícia