Cuiabá, 09 de Dezembro de 2022
logo

23 de Novembro de 2016, 12h:02 - A | A

POLÍTICA / É OFICIAL

Assembleia Legislativa vai atrasar salários dos servidores

Os servidores da Assembleia receberiam os salários no último dia útil do mês (30), mas o atraso no repasse do duodécimo vai condicionar o pagamento da folha salarial ao repasse do FEX ao Estado pela União, o que é previsto para o dia 10 de dezembro.

MARCIA MATOS
DA REDAÇÃO



A Mesa Diretora da Assembleia Legislativa comunicou que irá atrasar o salário dos servidores da Casa, que deveria ser repassado no último dia útil desse mês (30). A medida se dá devido ao atraso do pagamento do duodécimo por parte do governo do Estado, que está condicionado ao repasse do FEX (Auxílio Financeiro de Fomento às Exportações) pela União. A previsão é que a regularização ocorra no dia 10 de dezembro.

A folha salarial da Casa de Leis é de cerca de R$ 20 milhões, na qual consta a média de 1.700 servidores. O pagamento não será escalonado, como ocorreu nos últimos dois meses no governo do Estado.

O atraso deve ser motivo de muita discussão na sessão ordinária desta quarta-feira (23). Deputados da oposição preparam discursos de protesto na tribuna do Legislativo.

No mês passado, o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Guilherme Maluf (PSDB) havia comentado que tinha dinheiro em caixa, mas que o montante acumulado daria para quitar somente os salários daquele mês e que se tivesse que pagar dois meses seguidos não teria verba suficiente.

O governador Pedro Taques (PSDB) também havia anunciado que não quitaria o repasse do duodécimo aos Poderes, na data combinada prevista para o dia 26 de cada mês. O chefe do Executivo afirma que os valores serão repassados somente quando o restante do recurso da repatriação for creditado na conta bancária do Estado ou mediante o pagamento do FEX. Segundo o governo, ao todo, os Poderes teriam R$ 122 milhões a receber.

O atraso de salários também pode ocorrer em outros Poderes como o Tribunal de Contas do Estado e o Ministério Público Estadual.

 

Comente esta notícia

alexandre 23/11/2016

tem UO que arrecada 35 milhoes pro Estado, tem 800 servidores e folha de pagamento de 5 milhoes, porque a AL gasta tanto se não arrecada nada ?

Rodrigo 23/11/2016

ATRASAR??? Ué quando escrevem sobre os servidores do EXECUTIVO a matéria sai que vai CUMPRIR a legislação que diz ate dia 10 do mês subsequente. Isso se chama PARIDADE e é constitucional e todos os PODERES tem que sacrificar não apenas os "barnabés" do executivo, o MPE, o JUDICIÁRIO e o LEGISLATIVO também tem que dar sua contribuição...

alexandre 23/11/2016

A crise chegou nos palácios...

Augusto 23/11/2016

Caramba... pega-se o valor da folha e divide pelo número de servidores...dá uma remuneração média de 11 mil reais.

4 comentários

1 de 1