Cuiabá, 09 de Dezembro de 2022
logo

22 de Novembro de 2016, 17h:00 - A | A

POLÍCIA / MÃE PROSTITUTA

Traficante é acusado de estuprar filha de 2 anos em Cuiabá

A denúncia que chegou à Polícia foi de que Jeferson Garcia, de 25, teria feito sexo oral com a filha de 02 anos. A mãe é acusada de abandonar a menina e o filho de 4 anos todas as noites para se prostituir.

LUIS VINICIUS
DA REDAÇÃO



O traficante Jefferson Garcia Pereira, 25, foi acusado de ter abusado sexualmente da sua filha de apenas 02 anos, no bairro Cidade Alta, na capital. O crime chegou ao conhecimento da Polícia Civil na manhã desta terça-feira (22).

A denúncia partiu de uma testemunha, que procurou a Polícia Civil dizendo que Jeferson é traficante e que teria feito sexo oral na filha de 02 anos.

>>> Clique aqui e receba notícias de MT na palma da sua mão

A testemunha aponta que a mãe, identificada apenas como “Jaqueline”, é acusada de abandonar os filhos de 02 e de 04 anos, para para fazer programas sexuais. As crianças ficariam na companhia de usuários de drogas e prostitutas.

Segundo informações do boletim de ocorrência, Jaqueline e Jeferson moram com os filhos em uma quitinete no bairro Cidade Alta. 

Além de traficante, a testemunha disse aos policiais que Jeferson já teria sido preso por estupro de uma criança de 12 anos.

Jeferson seria um fugitivo da Polícia, pois segundo o denunciante, várias viaturas da Polícia Militar já estiveram no endereço em que ele mora.

A Polícia Civil acionou o Conselho Tutelar para acompanhar o caso e irá abrir um inquérito para apurar a denúncia. 

Crianças em foco

Na semana passada, policiais civis da Delegacia Especializada de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente (Deddica), prenderam pai e filho por terem estuprado, por mais de 07 anos, uma adolescente de 12 anos, que é filha e irmã dos acusados. De acordo com informações da Polícia Civil, as prisões dos estupradores foram realizadas em um bar, na Avenida Isaac Povoas, na quarta-feira (16), em Cuiabá.  

Segundo informações dos policiais, a denúncia foi feita por uma vizinha da vítima. Ela contou que sua filha conversou com a vítima, que relatou estar sofrendo, desde quando tinha cinco anos, abusos sexuais cometidos pelo pai, Djalma Tenório Santos, 54, e pelo irmão Djalma Tenório Santos Júnior, 24. De acordo com a vítima, os abusos eram cometidos no bar, onde seu pai é proprietário.

 

Leia mais

 

Menina de 12 anos era estuprada há 7 anos pelo pai e pelo irmão

 

 

 

Comente esta notícia