Cuiabá, 01 de Dezembro de 2022
logo

16 de Novembro de 2016, 16h:30 - A | A

POLÍCIA / ESTARIA GRÁVIDA

Menina de 12 anos era estuprada há 7 anos pelo pai e pelo irmão

As prisões de Djalma Tenório Santos, 54, e Djalma Tenório Santos Júnior, 24, ocorreram após denúncia de uma vizinha. A menina confirmou que era estuprada pelo pai e pelo irmão desde que tinha apenas cinco anos.

LUIS VINICIUS
DA REDAÇÃO



Policiais civis da Delegacia Especializada de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente (Deddica), prenderam na tarde desta quarta-feira (16), pai e filho por terem estuprado, por mais de 07 anos, uma adolescente de 12 anos, que é filha e irmã dos acusados. De acordo com informações da Polícia Civil, as prisões dos estupradores foram realizadas em um bar, na Avenida Isaac Povoas, na tarde desta quarta-feira (16), em Cuiabá. Por conta dos recorrentes estupros a menina estaria grávida, conforme o titular da Deddica, Eduardo Botelho.

Segundo informações dos policiais, a denúncia foi feita por uma vizinha da vítima. Ela contou que sua filha conversou com a vítima, que relatou estar sofrendo, desde quando tinha cinco anos, abusos sexuais cometidos pelo pai, Djalma Tenório Santos, 54, e pelo irmão Djalma Tenório Santos Júnior, 24. De acordo com a vítima, os abusos eram cometidos no bar, onde seu pai é proprietário.

>>> Clique aqui e receba notícias de MT na palma da sua mão

Após o relato da filha, a mulher entrou em contato com o Centro Integrado de Operações e Segurança Pública (Ciosp), relatando a denúncia.

Ao serem acionados, policiais civis foram até o bar, juntamente com representantes do Conselho Tutelar e verificaram que a vítima estava trabalhando no bar a mandos do pai. Ao confirmar os fatos, o promotor responsável achou necessário estabelecer algumas medidas cautelares como a de deixar a criança com a avó tirando do meio familiar do pai e irmão.

Em seguida, a vítima foi até a delegacia no qual confirmou ter sido vítima dos abusos do pai e do irmão desde quando tinha 05 anos de idade. Desta forma, foi pedido o mandado de prisão para os criminosos.

E na tarde desta quarta-feira, os policiais se deslocaram até o bar e prenderam os dois acusados. 

Djalma e Djalma Júnior, foram encaminhados para a Deddica, para serem tomadas as medidas cabíveis.

 

Comente esta notícia

bruna vitoria Tenório nunes 02/12/2016

Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

bruna vitoria 02/12/2016

Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

cicrrofernandesdasilva 21/11/2016

Estes selvagens so praticam stos desta naturesa porque a justica lis asseguram o direito de defesa e fianca mais eu tenho uma opniao a respeito do crime eles nem deveria ser enterrados em local apropriado servido em bandeja a tigres,leoes e coiotes seres desta natureza deve ser comidos por selvagens.

isabel duarte 20/11/2016

Castracao quimica para esses miseraveis!!

Luciana Araújo Leite 19/11/2016

Esse tipo de crime não tem fiança e muito menos perdão, é morte na certa, tinha que colacarem os dois no paredão e fuzilarem.

Luciana Araújo Leite 19/11/2016

Esse tipo de crime não tem fiança e muito menos perdão, é morte na certa, tinha que colacarem os dois no paredão e fuzilarem.

Anderson 18/11/2016

Não consigo imaginar tanta nojeira. Minha bebê tem 11 anos, gente menina nessa idade são crianças de tudo. Aff tem que fuzilar essas pestes.

Rubson martins guerrero 18/11/2016

tem que matar esses safados, corta o pinto deles e depois que tiverem agonizando deixa sofrer mais um pouco aí corta logo a cabeças deles e deixa apodrecer debaixo da terra!

Carina 18/11/2016

Isso ai esta parecendo ser vingança por causa da morte da mãe.

EDUVIRGE ANA CONCEICAO OJEDA DE ALMEIDA 18/11/2016

Sem comentários, canalhas mostros !!!

54 comentários

1 de 6
Última