Cuiabá, 29 de Setembro de 2022
logo

26 de Dezembro de 2013, 10h:42 - A | A

POLÍCIA / ROUBO AO SICREDI

Segundo suspeito é morto em confronto com PMs; polícia apreende fuzil AK 47

Tiroteio ocorreu dentro de uma residência no bairro Concórdia, em Paranatinga.

JOÃO RIBEIRO
DA REDAÇÃO



Outro suspeito de integrar uma quadrilha que roubou a cooperativa Sicredi, no distrito de Água Boa, no município de Nova Ubiratã (300 km de Cuiabá), foi morto na madrugada desta quinta-feira (26), em um confronto com policiais militares do Batalhão de Operações Especiais (BOPE) e da Força Tática. O tiroteio ocorreu dentro de uma chácara no bairro Concórdia, em Paranatinga.

Ao RepórterMT, o comandante da companhia da Polícia Militar de Paranatinga, capitão Gibson, disse que por volta da 1h, o núcleo de inteligência da PM descobriu o esconderijo do assaltante V. V. de F., de 30 anos. “Os policiais foram até o local e pediram para que o suspeito se entregasse, porém ele não obedeceu. A partir daí tivemos que invadir a casa, para coibir uma possível fuga do homem”, explicou.

>>> Clique aqui e receba notícias de MT na palma da sua mão

Conforme o capitão, quando os policiais entraram na residência do suspeito, ele começou a atirar nos PMs, que foram obrigados a revidarem. “Após ser atingido, ele ainda foi levado ao Hospital Regional da cidade, mas morreu durante o atendimento médico. Felizmente nenhum policial foi ferido na operação”, destacou.

Ao revistar a casa, os policias encontraram R$ 20 mil em dinheiro, provavelmente fruto do roubo à agência bancária. Além de dois revólveres calibre 38 e um fuzil AK 47.

O corpo do assaltante foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) para ser feito o exame de necropsia.

CAÇA A QUADRILHA

 

Divulgação PM

Na manhã de segunda-feira (23), durante uma troca de tiro, em uma região de mata fechada, na saída de Paranatinga, os policiais mataram um suspeito de ter participado do roubo.

Populares acionaram a PM ao ver o assaltante fugindo da cidade por um lixão. Ele estava correndo com uma pistola na mão.

 

Com a denúncia, rapidamente os policiais foram até o local, porém ao ver os PMs o homem começou a atirar contra eles, mas foi morto na troca de tiros.

INTEGRANTES DA QUADRILHA PRESOS

No sábado (21), os policiais conseguiram prender um casal, acusado de dar apoio na fuga da quadrilha. A Polícia recebeu informação que a quadrilha estava na beira de uma estrada em Paranatinga, tentando abordar outros motoristas para roubar o carro e continuar a fuga. A troca de veículo seria feita para despistar os policiais.

Como não conseguiram, eles voltaram para o carro, porém policiais os encontraram. Ao solicitar a abordagem, os bandidos não pararam e fugiram em alta velocidade.

Perto de uma região de mata fechada, os policiais viram quando os três bandidos abandonaram o carro e entraram no mato. Os PMs ainda atiraram na direção deles, mas não o conseguiram detê-los.

Próximo ao carro a Polícia ainda conseguiu prender um casal, acusado de dar apoio na fuga.

O ROUBO

Por volta das 13h, da última sexta-feira (20), a quadrilha invadiu a agência e anunciou o roubo. Eles renderam todos os funcionários, clientes e segurança da cooperativa e o fizeram sair sem camisas para fora, fazendo um ‘escudo humano’.

Em seguida, pegaram o dinheiro e fugiram levando alguns reféns, que foram liberados mais tarde sem ferimentos. A quantia levada pelos criminosos não foi divulgada, porém a assessoria do Sicredi afirmou que o valor não é alto.

Comente esta notícia