Cuiabá, 27 de Novembro de 2022
logo

29 de Setembro de 2022, 15h:04 - A | A

POLÍCIA / CRUELDADE HUMANA

Polícia prende ”fazendeiro” por deixar gado morrer de fome e sede

Os investigadores apontaram ainda que o acusado era responsável por autorizar extração ilegal de madeira na propriedade.

G5 NEWS



A Polícia Civil prendeu em flagrante, nessa quarta-feira (28), na zona rural de Guarani de Goiás, um homem suspeito de maus tratos contra animais e exploração ilegal de madeira.

A operação contou com o apoio da Delegacia de Iaciara, Polícia Militar e o Batalhão Rural de Posse, o 12º Núcleo da Polícia Técnico Científica, Agrodefesa e Secretaria Municipal do Meio Ambiente de Guarani de Goiás.

>>> Clique aqui e receba notícias de MT na palma da sua mão

Conforme os investigadores, as equipes constataram a veracidade da denúncia e descobriram que centenas de animais estavam perdendo a vida por falta de cuidados e alimentação. Vários bovinos da raça nelore já estavam definhando e próximos da morte. Além disso, cerca de 90 carcaças de animais, mortos por falta de cuidados alimentares, foram encontradas.

O responsável pela propriedade rural foi localizado pelas autoridades e confessou a prática delitiva. Segundo ele, não havia pasto ou outro tipo de alimento suficiente para o sustento dos animais. Além disso, a exploração ilegal de madeira era praticada na propriedade. Leia mais em G5NEWS

Comente esta notícia