Cuiabá, 09 de Dezembro de 2022
logo

10 de Novembro de 2016, 08h:45 - A | A

POLÍCIA / SOFRIA DE DEPRESSÃO

Pescadores encontram corpo de homem que pulou da ponte Sérgio Motta

A única testemunha do fato, o mecânico Leandro Garcia contou ao RepórterMT que tentou impedir a tragédia e por duas vezes segurou Rafael, mas ele escapou entre suas mãos. A família confirmou que o jovem sofria de depressão.

JÉSSICA MOREIRA
DA REDAÇÃO



Pescadores encontraram no Rio Cuiabá, na manhã desta quinta-feira (10), o corpo do homem que se jogou da ponte Sérgio Motta, na noite desta terça-feira (8). De acordo com a perícia, o corpo foi identificado como sendo de Rafael Amorim, 25 anos, que sofria de depressão. A suspeita já havia sido publicada pelo .

"Enquanto eu conversava com ele, notei que ele ia se jogar. Ele soltou as duas mãos e pé do alambrado da ponte e tentei segurá-lo, mas como ele era gordinho, fui segurando até onde deu. Ele escapou da minha mão e caiu no rio”, detalhou.

O corpo de Rafal estava boiando na região do bairro Praieirinho. Equipes do Corpo de Bombeiros fizeram buscas durante toda a quarta-feira (9), mas sem sucesso. Assim que o localizaram, os pescadores acionaram a Polícia.

>>> Clique aqui e receba notícias de MT na palma da sua mão

Rafael estava desaparecido desde o início da noite de terça-feira. A família divulgou fotos do jovem, nas redeses sociais para tentar localizá-lo. A única testemunha do suicídio, o mecânico Leandro Garcia relatou ao , que tentou impedir o fato e por duas vezes segurou Rafael, mas ele escapou entre suas mãos.

Ao , familiares confirmaram que o jovem sofria de depressão estava em tratamento para superar a doença.

Leandro afirmou que pediu para o homem não cometer suicídio. “Não faz isso comigo não, cara”, teria dito a testemunha. Após o pedido, a vítima teria dito a Leandro que não ia pular. “Após eu pedir pra ele, ele disse que não ia mais se suicidar. Em seguida, comecei a contar a minha história de vida para ele, no intuito de tentar convencê-lo. Enquanto eu conversava com ele, notei que ele ia se jogar. Ele soltou as duas mãos e pé do alambrado da ponte e tentei segurá-lo, mas como ele era gordinho, fui segurando até onde deu. Ele escapou da minha mão e caiu no rio”, detalhou.

O mecânico informou que tudo aconteceu muito rápido e que Rafael não contou o que o levou a cometer suicídio. 

No começo do mês de setembro, um homem morreu ao se jogar da Ponte Sérgio Motta. O corpo dele foi encontrado três dias após pelo Corpo de Bombeiros (LEIA MAIS)

Leia também:

'Escapou da minha mão e caiu no rio', conta mecânico que tentou impedir suicídio na Ponte Sérgio Motta

Homem pula da Ponte Sérgio Motta e desaparece no Rio Cuiabá; bombeiros procuram corpo

 

Comente esta notícia