Cuiabá, 12 de Agosto de 2022
logo

18 de Dezembro de 2017, 17h:46 - A | A

POLÍCIA / LATROCÍNIO

Oficial de Justiça é degolado e corpo é localizado em decomposição

A polícia chegou até a casa após companheiros de trabalho do homem indicarem que ele não havia comparecido no local.

RAUL BRADOCK
DA REDAÇÂO



Um oficial de Justiça, identificado como Welliton Rezende, teve o pescoço cortado dentro de sua casa, em Alto Taquari (486 km ao Sul de Cuiabá). O corpo foi localizado no início da tarde desta segunda-feira (18), já em decomposição.

Conforme a Polícia Militar, a localização do cadáver aconteceu às 14h30. Ele estava com um corte profundo na região do pescoço, caído no chão da casa.

>>> Clique aqui e receba notícias de MT na palma da sua mão

O local foi isolado e agentes da Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) analisaram a cena do crime. A linha inicial de investigação é de que o crime se trata de um latrocínio – roubo seguido de morte.

O corpo foi recolhido e encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML), para exames de necropsia.

O oficial de Justiça morava sozinho. Ainda não se tem informações sobre a autoria do assassinato.

O caso é investigado pela Polícia Civil da cidade.

Nas redes sociais, familiares e amigos lamentaram a morte do homem.

Latrocínio

A Polícia Civil prendeu, em junho, Wankley Borges Mattei, 18, e um menor de 16 anos, acusados de assassinar com oito facadas, o professor de Educação Física, Valdir Andrade, 46, na cidade de Tangará da Serra (239 km a Médio-Norte de Cuiabá).

De acordo com a polícia, houve luta corporal dentro da casa do professor e as investigações apontam que o possível autor do crime seria um convidado da vítima. Além do carro, o celular do professor também desapareceu – indicando o crime de latrocínio

Leia mais

Professor tinha relacionamento com assassino, diz polícia de Tangará da Serra

Comente esta notícia