Cuiabá, 03 de Fevereiro de 2023
logo

05 de Dezembro de 2014, 11h:15 - A | A

POLÍCIA / ACERTO DE CONTAS

Ocupantes de Civic executam com vários tiros ‘piloto’ e ‘garupa’ de motocicleta em VG

O duplo homicídio ocorreu por volta das 1h, desta sexta-feira (5), na Rua 1, do bairro periférico de Várzea Grande, Sete de Setembro.

JOÃO RIBEIRO
DA REDAÇÃO



Leandro Alves Coiçare, de 18 anos, e o colega dele, Maycon Macedo da Silva, de 19 anos, foram executados com vários tiros, enquanto trafegavam em uma motocicleta Yamaha de cor verde.

O duplo homicídio ocorreu por volta da 1h, desta sexta-feira (5), na Rua 1, do bairro periférico de Várzea Grande, Sete de Setembro.

>>> Clique aqui e receba notícias de MT na palma da sua mão

Testemunhas disseram aos policiais militares, que um Honda Civic se aproximou dos alvos na moto. Ocupantes do carro sacaram armas e atiraram várias vezes nos dois, que caíram da motocicleta, já mortos.

Em seguida, os bandidos fugiram em alta velocidade. A Polícia Militar fez ronda na região, mas não prendeu ninguém.

Ainda em Várzea Grande, no bairro São Simão, mas por volta das 22h, de quinta-feira (4), o ex-presidíario Wanderlei Moraes da Costa, de 24 anos, foi executado dentro da própria casa, por quatro homens encapuzados.

Reprodução

motoqueiros

O corpo dos jovens foram encaminhados ao IML para fazer o exame de necropsia.

Moradores vizinhos disseram à PM, que um carro, modelo não identificado, parou na frente da residência. Em seguida, quatro homens saíram e invadiram a casa.

Ao ver os criminosos, o ex-presidiário ainda tentou fugir pela porta dos fundos, mas foi baleado várias vezes nas costas e morreu no local. Os assassinos fugiram no carro e não foram localizados.

Os três corpos foram encaminhados ao Instituto Médico Legal (IML) para fazer o exame de necropsia.

A Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) de Cuiabá investiga se os crimes tenham alguma ligação.

Reprodução

bandido

Ex-presidiário foi executado na própria casa, no bairro São Simão.


VG SITIADA

Na madrugada da quinta-feira (4), o traficante Wendel Ribeiro da Silva, de 39 anos, foi morto com mais de 10 tiros no rosto. O corpo dele foi encontrado desfigurado, na Rua Coronel Manoel Gomes, no bairro da Manga.

Para PM, o homem pode ter sido morto por um acerto de contas entre traficantes rivais. Já que Wendel seria dono de uma ‘boca de fumo’ no bairro, além de ter sido preso várias vezes pelo crime de tráfico de drogas. 

Divulgação

bandido

Homem era dono de boca de fumo na Manga


No mesmo bairro, por volta das 16h, desta quarta-feira (3), o cabo da PM, Marco Antônio, de 45 anos, foi baleado no peito e morreu no PS de Cuiabá, ao tentar impedir a fuga de dois bandidos, que haviam acabado de assaltar uma loja de revenda de carros. Os bandidos continuam foragidos.

Divulgação

pm

PM foi morto com tiro no peito.

Comente esta notícia