Cuiabá, 12 de Agosto de 2022
logo

02 de Julho de 2022, 10h:03 - A | A

POLÍCIA / VEJA VÍDEOS

Namorada diz que agente penal foi morto com arma na cintura e que Paccola chegou atirando

Janaina Sá, namorada do policial penal Alexandre Miyagawa, negou a versão do vereador Tenente Coronel Paccola e negou que tenha sido ameaçada pelo agente.

JOÃO AGUIAR
DO REPÓRTER MT



A namorada do policial penal Alexandre Miyagawa conhecido como "Japão", de 41 anos, postou uma série de stories em seu Instagram na manhã deste sábado (02) e negou a versão do vereador Tenente Coronel Paccola (Republicanos), de que ela estava sendo ameaçada. Ela aproveitou para chamar o parlamentar de mentiroso e disse que o namorado morreu sem sacar a arma, que estava na cintura.

Janaina Sá começou o vídeo contando o motivo de os dois estarem na contramão. “Eu desci na rua contramão para fazer xixi e um cara começou a me xingar: ‘louca, parou na contramão’. Nisso eu fiz xixi numa distribuidora e sai andando rápido”, relatou.

>>> Clique aqui e receba notícias de MT na palma da sua mão

“O Alexandre tem mania de policial, de ficar andando com a mão na camisa, tipo fazendo guarda. Ele gritou: amor espera. De repente eu só vi ele caindo no chão. O tiro podia pegar em mim, porque eu senti. Por que esse cara atirou? Por que ele estava armado?”, questionou.

Leia mais

Vereador Paccola mata agente penal do Pomeri em confusão no Goiabeiras

Paccola diz que matou agente penal por legítima defesa para neutralizar ameaça

A mulher ainda alega que o policial penal não estava armado. “Ele não estava com a arma, era o celular dele. Porque estava o corpo, o celular e a carteira caída no chão”.

“Não é nada disso que estavam falando. Não teve agressão. Não foi defender mulher nenhuma. Quem é essa mulher que o Paccola foi defender? Ele atirou nele, porque?”, lamentou.

Por fim, a namorada do policial ainda chama o vereador Paccola de mentiroso.

Veja o vídeos:

Comente esta notícia

Carlos miguel rondon de Souza 03/07/2022

Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

Carlos Miguel Rondon de Souza 03/07/2022

Pacola covarde atira pela costa. Iremos ver a justiça qual será sua atitudes agora tomara

PAULO MARCOS 02/07/2022

E possível ver o casal utrapassando a avenida sem se preocupar com acidente, se uma família esta transitando ali ou não, bêbados no volante, com a bexiga cheia, uma Advogada e um policial penal, conhecedores da Leis, não justifica o assassinato ou legítima defesa, mais que tudo começou errado começou.... Sentimentos a família do policial morto, pois esses sim sofrem, e a Advogada daqui a pouco segue a fila..,...

Luciano 02/07/2022

A verdade começa a aparecer, o vagabundo cruzou a Filinho muller a cem por hora e quase mata o povo que estava no outro carro, Pacolla desce do carro e recebe informações de populares e se dirige ao local. Com certeza essa cidada está mentindo… outras câmeras devem ter pego toda a ação e pelo que mostra essa imagem ja divulgada a moça está mentindo…

4 comentários

1 de 1