Cuiabá, 13 de Agosto de 2022
logo

02 de Julho de 2022, 06h:33 - A | A

POLÍCIA / NO GOIABEIRAS

Paccola diz que matou agente penal por legítima defesa para neutralizar ameaça

Paccola deu voz de prisão, mas o homem não se rendeu, e teria feito um movimento em direção ao vereador, que reagiu atirando.

DO REPÓRTER MT



O vereador de Cuiabá, tenente coronel Marcos Paccola emitiu nota explicando as circunstâncias que o levaram a atirar e matar um homem na região do Goiabeiras, na noite de sexta-feira (01). Ele alegou que agiu em legítima defesa e lamentou a morte.

O homem que morreu foi identificado como sendo um agente penal do Complexo Pomeri, chamado de Japão. Ele, segundo o parlamentar, estava armado, ameaçando matar uma mulher.

>>> Clique aqui e receba notícias de MT na palma da sua mão

O vereador disse que passava pelo local, quando viu várias pessoas aglomeradas, relatando que o homem estava fora de controle, ameaçando populares e dizendo que iria matar a mulher Paccola deu voz de prisão, mas o homem não se rendeu, e teria feito um movimento em direção ao vereador, que reagiu atirando.

Leia mais: Vereador Paccola mata agente penal do Pomeri em confusão no Goiabeiras; veja vídeo

Na nota Paccola diz que agiu para neutralizar a ameaça.

“No dever de proteger, agiu da forma que foi treinado e neutralizou a ameaça em legítima defesa própria e de terceiros, ele agiu efetuando disparos contra o indivíduo, que infelizmente foi a óbito (...) A perda de uma vida é sempre irreparável, porém o dever de servir e proteger está acima de qualquer situação, o treinamento do Tenente Coronel Paccola permitiu que que os danos aos presentes e a sociedade fossem minimizados e que todas as demais vidas fossem preservadas”, destacou  a nota.

Comente esta notícia

Anonimo 02/07/2022

Não é polícia penal e sim agente do sistema socioeducativo.

wilson 02/07/2022

Parcece execução. Por que não atirou na perna?? Homicídio. Deve responder.

Sujo 02/07/2022

Esse Pacola se acha porque tem dinheiro e porque é Tenente Coronel ele pode morar pessoas por aí, cadê o MP e o Judiciário e toda polícia Civil e polícia penal

José Raul Vilá Neto 02/07/2022

QUEM SOU PRA DAR OPINIÃO MAS VAMOS LÁ, TIRO NA REGIÃO LETAL DO SER HUMANO SENDO QUE TREINADO COMO É PODIA NEUTRALIZAR COM TIRO EM OUTRA PARTE DO CORPO, HAVENDO RESISTÊNCIA AÍ JUSTIFICA O TIRO EM LEGÍTIMA DEFESA, É O QUE PENSO.

4 comentários

1 de 1