facebook-icon-color.png instagram-icon-color.png twitter-icon-color.png youtube-icon-color.png tiktok-icon-color.png
Cuiabá, 20 de Junho de 2024
20 de Junho de 2024

14 de Dezembro de 2022, 12h:15 - A | A

POLÍCIA / MÃE FOI PRESA

Menina toma chá abortivo sem estar grávida e morre

Mãe da menina procurou suposto pai de santo para conseguir o chá de ervas

TERRA



Uma menina de 12 anos morreu depois de tomar um chá de ervas para abortar um bebê, no Maranhão. O laudo necroscópico feito na garota, no último domingo, 11, apontou que ela não estava grávida, e a mãe e um suposto pai de santo, que forneceu o chá, foram presos.

O caso aconteceu em novembro, em uma área rural da cidade de Joselândia, no interior do Maranhão. A Polícia Civil informou que a mãe da menina, que acreditava que ela estava grávida, a levou até um suposto pai de santo para tomar um chá abortivo, feito de ervas e remédios.

>>> Clique aqui e receba notícias de MT na palma da sua mão

A menina, identificada como Wilkelly Flaviane Carvalho, acabou passando mal. Ela chegou a ser hospitalizada, mas não resistiu. Os médicos acionaram a polícia, que levou a mãe e o suposto religioso para prestar depoimento. Eles foram presos em flagrante.

Nesta terça-feira, 13, os dois suspeitos continuam presos na Delegacia de Joselândia, que investiga o crime. Eles não tiveram as identidades reveladas. Leia mais em TERRA

Comente esta notícia