Cuiabá, 27 de Novembro de 2022
logo

09 de Novembro de 2016, 12h:00 - A | A

POLÍCIA / "LAÇOS DE FAMÍLIA"

Mãe agride namorada da filha por não aceitar relacionamento homoafetivo

A garota de 15 anos foi agredida com tapas e socos, pela mulher, que ainda rasgou parte de suas roupas, ao vê-la namorando a filha, na porta da escola.

JÉSSICA MOREIRA
DA REDAÇÃO



A adolescente G.V.M, 15, foi agredida pela mãe da namorada M.R.R,34, na manhã desta quarta-feira (9), em Várzea Grande, nas proximidades da Escola Estadual Maria da Cunha, na rua 21, no bairro Vitória Regia. A agressão teria ocorrido porque a mulher não aceita o relacionamento homoafetiva entre as garotas.

A vítima contou á Polícia Militar, que mantém um relacionamento amoroso com a filha da agressora, mas que esta não aceita o namoro e por isso a atacou com socos, tapas e rasgou parte de suas roupas, quando a viu com a filha.

>>> Clique aqui e receba notícias de MT na palma da sua mão

Após ser agredida, a adolescente acionou a Polícia Militar e relatou o ocorrido. A mulher foi conduzida para a Central de Flagrantes de Várzea Grande, onde aguarda para ser ouvida pelo delegado plantonista. 

A agressora pode ser indiciada por lesão corporal e a pena para este crime varia de três meses a um ano de prisão. 

LAÇOS DE FAMÍLIA

No mês passado, uma adolescente de 15 anos e a sua mãe foram agredidas pelo ex-namorado da menor, no bairro Jardim União, em Cuiabá.

Segundo a Polícia, o agressor não aceitou o fim do relacionamento e fazia constantes ameaças à adolescente e à mãe dela.

Na noite do dia 5 de outubro ele invadiu a residência onde as duas moram e desferiu socos e pontapés contra elas.

Após a agressão, elas acionaram a PM. O criminoso fugiu.

 

Comente esta notícia