Cuiabá, 04 de Julho de 2022
logo

Terça-feira, 21 de Junho de 2022, 19h:38 - A | A

UM MÊS ESCONDIDO NA MATA

Homem confessa que matou ex-patroa a marteladas em assentamento

O homem estava escondido em um matagal, se alimentando de banana verde

DO REPÓRTER MT

A Polícia Civil em Barra do Bugres prendeu, nessa segunda-feira (20.06), o autor do homicídio de uma mulher, ocorrido no início de maio deste ano, em um assentamento na zona rural do município.

O corpo de Marlene da Conceição Torres do Rego, de 58 anos, foi encontrado por uma vizinha, na cozinha da residência, no assentamento Campo Verde. Ao lado do corpo foi encontrado o martelo utilizado no crime.

>>> Clique aqui e receba notícias de MT na palma da sua mão

>>> Receba notícias no Telegram e fique bem informado

A Delegacia de Barra do Bugres instaurou inquérito para apurar o homicídio. As suspeitas iniciais recaíram sobre um casal de jovens que havia tentado matar um outro vizinho no assentamento, a golpes de facão. O casal foi preso em São José dos Quatro Marcos e, desde então, deixou de ser suspeito do homicídio de Marlene.

A partir daí, os investigadores passaram a analisar o círculo de amizades da vítima e um caseiro do sítio, que tinha um mandado de prisão em aberto por um homicídio na cidade de Comodoro, tornou-se o principal suspeito do crime contra Marlene.

Nesta segunda-feira, durante diligências no assentamento, os investigadores localizaram o investigado nas imediações da residência da vítima, escondido em um matagal.

Ele foi interrogado pela delegada Renata Evangelista e confessou ter matado a antiga patroa a marteladas, durante uma discussão. Ele contou ainda que ficou durante todo esse tempo escondido na mata, com medo de ser preso, e se alimentando de banana verde, o que explica a magreza com que foi encontrado.

A delegada de Barra do Bugres representou pela prisão preventiva e aguarda resultado do laudo pericial do martelo apreendido para a conclusão do inquérito policial.

 

Comente esta notícia